[ editar artigo]

A humanidade é a chave das respostas digitais

A humanidade é a chave das respostas digitais

A grande pergunta na construção da estratégia de marketing atual é: O que de novo posso oferecer? Como também: quantas escadas terei que derrubar afim de construir rampas para o fluxo da minha comunicação? Sei que são profundas as questões, mas necessárias para um marketing assertivo.

Continuando o raciocínio, podemos usar a própria humanidade da nossa espécie para facilitar as respostas. Lembra que, nós seres humanos, somos ambíguos, ou seja, dizemos o que pensamos, mas fazemos o que sentimos. Nesse sentido, estratégias que utilizam as emoções são caminhos interessantes para responder os questionamentos feitos no princípio da nossa conversa.  O caminho da criatividade, com raízes fortes na ética e empatia, tornaram as rampas mais fluidas e o novo mais real, satisfazendo a premissa do cérebro humano, o simples.

No ambiente do marketing no que se refere ao social, lembrar que somos mais fortes em grupo, conectados. Usar a linguagem, as narrativas a fim de construir laços afetivos, firmando a confiabilidade, gerará, consequentemente, o objetivo final de toda estratégia de marketing, a venda, não é mesmo? Por isso, usar o que o humano tem, é um bom caminho para se pensar.

A construção assertiva e resolutiva do marketing, principalmente nas plataformas digitais, deve responder os questionários acima. Não são agradáveis, as perdas das energias que teremos no que diz respeito à solução do problema vai dar muita dor de cabeça. Mas, quem falou que seria fácil? Curta a jornada que vai ser melhor e mais prazeroso.

 

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você