[ editar artigo]

As cooperativas de agricultura familiar e o mundo VUCA

As cooperativas de agricultura familiar e o mundo VUCA

O termo VUCA foi adotado no início dos anos 90 para descrever o mundo em que vivemos: Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo, e, acho importante fazer uma análise de como as cooperativas da agricultura familiar se encontram diante desse cenário.

Num panorama geral, podemos perceber que entre os principais fatores que afetam a estabilidade e a sustentabilidade e geram riscos para o cooperativismo estão a instabilidade política, as mudanças climáticas, os problemas de logística e o de relacionamento interno nas próprias cooperativas.

Com tantas mudanças e instabilidade é complicado, para o agricultor, fazer um planejamento a longo prazo. Fica muito difícil imaginar possíveis cenários para traçar estratégias rápidas de mudanças e apesar das novas tecnologias, do aumento do uso de celulares e do acesso à internet no campo, mesmo assim, o agricultor não tem acesso às informações, que poderiam ser obtidas através de aplicativos e plataformas, que facilitariam o seu trabalho, e muitas vezes mesmo as formas administrativas tradicionais não são utilizadas, o que acarreta em uma má gestão, por falta de profissionalização do plantio familiar.

Por outro lado, apesar de se encontrarem num cenário tão complexo, esses grupos de agricultores estão unidos em cooperativas, contam, entre si, com uma rede de colaboração e apoio, e isso cria um ambiente onde é possível o compartilhamento de experiências, o que acaba potencializando novos conhecimentos e gerando um aprendizado coletivo. Eles também possuem a capacidade de produzir e comercializar uma grande variedade de produtos e serviços de alta qualidade.

Para otimizar e fortalecer essas habilidades, os cooperados precisam aproveitar oportunidade de se capacitar e aprender a utilizar a tecnologia pra melhorar a comunicação entre si e também para se mobilizar tornando-se mais ativos em questões políticas.

A tecnologia também pode ajudar no combate ao êxodo rural, uma vez que os jovens podem se sentir mais à vontade em cargos, dentro das cooperativas, que seus pais não têm familiaridade, eles podem atuar no marketing ou na comercialização, pesquisando novas ferramentas, fornecedores e clientes.

Quanto a área de comercialização, temos a mudança de comportamento do consumidor, que busca um novo estilo de vida, onde prioriza por uma alimentação mais saudável, e isso pode virar um nicho de mercado mais sólido, desde que o agricultor opte por uma plantação orgânica e sustentável. 

Os agricultores, ao aprender a utilizar a tecnologia, tem mais chances de enfrentar o mundo VUCA, pois podem se transformar numa rede melhor e mais consistente, uma vez que grupos com conhecimentos e experiências diversos, aprendem a lidar com as diferenças e crescem com elas e, consequentemente, tem mais chances de encontrar soluções. Isso pode torná-los mais ágeis e preparados para observar, reagir a mudanças e aprender a fazer estratégia nesse ambiente.

Marketing na Era Digital
Raquel Paula Daneluz
Raquel Paula Daneluz Seguir

Formada em publicidade, trabalhei 6 anos com marketing na agricultura familiar e 15 anos como produtora de televisão.

Ler conteúdo completo
Indicados para você