[ editar artigo]

Cadê a Concorrência?

Cadê a Concorrência?

Se antes já tínhamos um mercado extremamente competitivo, com a aceleração da transformação digital nos últimos anos, a concorrência entre as empresas ficou mais acirrada ainda.

Se antes tínhamos os negócios divididos em setores específicos e cada empresa competia apenas com outras empresas dentro do mesmo setor, hoje temos uma concorrência transversal e assimétrica. Ou seja, ela não se limita a um determinado mercado e as pequenas empresas acabam concorrendo de igual para igual com as maiores. Empresas dos mais diferentes setores, das mais diferentes indústrias, podem ser os seus maiores competidores.

Como um bom exemplo, podemos avaliar a Netflix.

Hoje, a empresa de serviço de streaming e filmes que possui grandes concorrentes em seu setor de atividade (Apple Tv, Amazon Prime Video...) encara como uma das principais ameaças ao seu negócio o Jogo Fortnite, que tornou-se nos últimos anos o game gratuito com mais jogadores no mundo, focado no público jovem. E para esse público, é mais interessante passar horas jogando com amigos e desconhecidos do que ver séries.

Ou seja, o tempo que passariam assistindo às séries no Netflix, passam jogando Fortnite. E, sendo a Netflix uma empresa que depende dos dados que seus usuários fornecem (como tempo assistido, tipos de conteúdos assistidos, etc) para oferecer conteúdos que sejam interessantes e gerem engajamento nos seus clientes se, como ela vai fazer se boa parte deles não está depositando seus minutos diários para assistir aos conteúdos da Netflix? O resultado é que ela não conseguirá entregar de forma assertiva o que o usuário deseja, perdendo assim market share.

Um outro exemplo de concorrência assimétrica advindo da pandemia do Covid-19 são as Companhias Aéreas x Aplicativos de Vídeo Conferências Online (Zoom, google Meet), que tiveram um aumento significativo de usuários. No momento pós-pandemia, a companhia aérea Tam, além de se preocupar com a sua principal concorrente direta — a Gol — precisará também de uma boa estratégia para se reinventar e combater o Zoom. Com a praticidade e a eficiência das reuniões feitas por vídeo conferência, as empresas avaliarão as reais necessidades das viagens de negócios que demandam um custo/tempo alto.

Dessa forma, podemos ver que a concorrência hoje está em todo lugar.

Pode vir de qualquer segmento, desde que ele tire a atenção do consumidor quando este deveria estar focado no seu produto, que faça com que ele escolha o produto deles ao invés do seu.

Isso não tem tanto a ver com o produto em si, mas sim com o cliente. Com a necessidade final daquele que faz a compra. Ao invés de pensar no produto oferecido, torna-se necessário pensar no benefício final que se oferece para seus clientes. Assim, é possível obter uma visão mais ampla de possíveis concorrentes e se antecipar aos movimentos dos consumidores e do mercado.

Marketing na Era Digital
Luciana Mangoni
Luciana Mangoni Seguir

Publicitária, com mais de 18 anos experiência em Agências de Publicidade e na área de Marketing em Empresas. Buscando me atualizar e aprofundar cada vez mais no Marketing Digital.

Ler conteúdo completo
Indicados para você