[ editar artigo]

Comunidades Digitais

Comunidades Digitais

Um dos encantos do homem é sua inteligência e capacidade de fazer conexões aos milhares. Mas, ele ainda utiliza formas arcaicas de resolução de problemas em contraponto  com a imensa capacidade da tecnologia de fornecer informações para as tomadas de decisão. Somos, nos dias de hoje, obrigados a tomar 35.000 decisões diárias, desde abrir os olhos ao acordar, até as mais complexas como investir num fundo ou a compra de um imóvel. Somos bombardeados com 11.000 bits de informações diariamente, mas só conseguimos absorver 40% desse montante. Depois de 6 horas esquecemos em torno de 50% do conteúdo mesmo que seja relevante. Ou seja, é mais  fácil receber do que passar informação.

Vivemos em uma era que tudo é muito transitório, rápido e de certa forma inseguro por que não sabemos quando virá outra onda, outra mudança. A volatilidade do mundo virtual e as constantes e rápidas transformações que sofremos diariamente graças as inovações e tecnologias, nos obriga a revisitar tudo o que aprendemos e como devemos reaprender. Por isso é tão importante, aproveitar e embarcar na crista da onda  e buscar fontes alternativas de relacionar e criar novos produtos e serviços para nossos clientes.

Estamos diante de um mundo complexo, que em contrapartida precisa do simples. Precisamos sair da era do OU e migrar para a era do E. Tirar o individual e incluir o coletivo. Precisamos colaborar para avançar, crescer e criar relações verdadeiras. Quem entendeu isso, sabe que a estratégia vencedora  nesse momento é a construção de comunidades digitais. É a hora de promover,  dar voz e ser voz de um grupo que se identifica por alguma causa, propósito e vê em nosso negócio, produto ou serviço, um embaixador dessa experiência. É a hora do social learning, do aprendizado coletivo, de influenciar e ser influenciado por meio de insights e conteúdos produzidos em nome de valores compartilhados.

Quem participa de uma comunidade digital tem voz, reputação, reconhecimento, notoriedade, pertencimento e principalmente expressão pessoal. E a sua empresa, marca o que ganha com isso? Ganha muito ! relevância, reputação, clientes, relacionamento e engajamento, ganha fãs e defensores, e até ganha dinheiro.

 O novo desconforta, mas instiga, desnuda, mas encoberta diante de tantas possiblidades. Esse novo mundo que obriga a olharmos de forma inquieta e inconformada, tem nos ensinado bastante a respeito inclusive e principalmente de como nos relacionamos. É preciso nesse novo mundo, termos emoção, empatia e ética para lidar com as questões que nos afligem, porque é a experiencia que conta ! Não temos e talvez nunca teremos todas as respostas. Então, a única saída é compartilhar para multiplicar , dividir para somar e ir juntos, porque a única certeza que sempre teremos é que vai mudar !

 

 

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você