[ editar artigo]

E-mail marketing: desafios e entregabilidade

E-mail marketing: desafios e entregabilidade

E-mail é um dos maiores ativos que uma empresa pode possuir, pois reduz o custo da comunicação direta para quem já a conhece. Acima de tudo mantém quente o interesse do público em receber estímulos de compra, ofertas, vantagens.

A carteira de clientes de uma empresa é tão forte quanto a qualidade da base de dados que possa vir a ser utilizada para comunicação e estímulo de vendas.

Alerta! Tem gente que pensa que o e-mail é aquele canal de comunicação de fácil utilização, mas quando não se sabe o que faz, qualquer coisa serve. #fujadospam

 

Desafios e soluções na campanha de e-mail

Confira estes números do ano de 2021:


Em 2021 a cada 1 minuto na internet são enviados 197,6 milhões de e-mails. (Fonte: Statista). Em 2014 de acordo com a Intel eram enviados 204 milhões de e-mails por minuto na internet;

  • A população da terra é 7.847.280.000 (Fonte: https://population.io/ em 17/08/2021);

  • Total de e-mails enviados em um dia: 284.544.000.000. Sim, 284 Bi de e-mails;

  • Isso significa que em média cada pessoa do planeta recebe 36,26 e-mails por dia;


Agora imagine isso acontecendo sem nenhum controle, felizmente para os usuários existem regras de proteção contra SPAM e boas práticas de envio que estão diretamente atreladas à qualidade e confiabilidade do emissor. E quando ignoradas elas prejudicam a reputação de sua empresa.

Ah, quando falo em reputação não é apenas aquela mensagem de spam que você, como usuário recebe e pensa automaticamente, isso é lixo, essa empresa é um lixo, com uma logomarca estampada e toda luminosa no topo. É triste e engraçado, mas acontece muito.

 

7 análises para uma boa Campanha de e-mail

Confira os tópicos abaixo com informações muito importantes para aplicação nas estratégias de e-mail marketing:
 

1. E-mail é um dado perecível!

Você sabia que em média uma lista de e-mails diminui de 22 a 23% ao ano?

Sim, pela falta de interesse dos leads e clientes. Este número significa que o relacionamento esfriou por alguma razão e a marca deixou de ser relevante.

E claro, os e-mails pessoais podem ser eternos mas as pessoas não são, os e-mails corporativos durarão enquanto o funcionário estiver na organização, muitos cadastros também são realizados em sites ou landing pages para o acesso a determinados materiais de topo de funil e logo depois o ocorre o cancelamento do por parte do lead entre outras situações.

As listas de e-mail tem vida útil, por isso de nada adianta aquele orgulho do diretor da empresa em falar “nós temos mais de 100 mil e-mails cadastrados”… bom, vamos adiante.

 

2. ISPs, Spam traps, listas de terceiros e listas antigas

Antes de tudo, spam é toda mensagem não solicitada.

As barreiras de defesa nos provedores sob o ponto de vista dos usuários. Nos permite uma grande economia de tempo sem precisarmos ficar deletando todo aquele lixo ou verificando se cada mensagem era ou não interessante. Deixe o algoritmo fazer o trabalho dele, depois você apenas esvazia a lixeira.

Vamos lá, ISPs é a sigla dos Provedores de serviços de Internet nacionais e internacionais, os quais utilizam várias estratégias para evitar a prática do spam, tais como:

  • Uso de Spam traps: Como o nome diz são endereços de e-mail armadilhas utilizados pelos provedores como iscas para spammers. Podem ser e-mails criados especificamente para este fim ou resultantes do aproveitamento de contas inativadas nos provedores, de acordo suas políticas.

    Como funciona: Todo e-mail recebido nos spam traps é automaticamente classificado como spam e aí a situação do domínio começa a ir ladeira abaixo. Se a sua lista de envios tiver um spam trap nela, dependendo da classificação no provedor a entregabilidade dos e-mails será brutalmente comprometida, além de bloqueios de IP entre outras restrições
     

  • Não utilize listas de e-mails antigas ou compradas. Com a vigência da LGPD é hora de limpar a casa e adotar as melhores práticas.
    Utilize ferramentas como Mail Tester (https://www.mail-tester.com/) para identificar o risco do seu e-mail ir para a caxa de spam. É bem simples, envie o e-mail teste para endereço exibido e receba os insights para melhorá-lo.

 

3. Caixas de Promoção do Google, a Segunda Caixa de Spam

Como nem tudo o que incomoda o usuário é Spam, os provedores agora classificam e direcionam os e-mails como ofertas para a caixa de promoção.

Alguns dizem que não, mas impacta a abertura dos e-mails já que o usuário necessita acessar a pasta promoções para visualizar as mensagens. Ou seja, uma tarefa a mais.

Confira alguns motivos da classificação:

  • Uso de palavras de vendas no corpo de e-mail;

  • Enviar e-mail somente com imagens sem texto. Isso é bizarramente amador;

  • A classificação de seu site no momento do registro de domínio, se ele for indicado como shopping, pronto, será automático;

  • Links em excesso no e-mail. Lembre-se de que o e-mail faz parte da conversa e a objetividade pode te ajudar. Evite incluir muitos links.

  • Utilize contas de envio diferentes para cada objetivo. Não queime seu e-mail de SAC para envio de mensagens promocionais ou de massa. Cada conta possui uma autoridade junto ao público destinatário.

     

4. LGPD é proteção e transparência

A famosa lei geral de proteção aos dados, que em resumo proíbe as empresas sob pena multas pelo envio de comunicações sem a permissão e falta de controle do destinatário sobre o que pode ser realizado com seus dados pessoais.

Veio para formalizar o compromisso e responsabilidade das empresas no controle e registro do aceite dos termos apresentados em sua política de privacidade ao público, como também a proibição de repasse os dados coletados para uso de terceiros.

Utilize sempre formulários automatizados com double opt-in para uma melhor qualificação da lista de e-mails. Double opt-in é quando você assina o recebimento de algum conteúdo (ex.: newsletter) no site, Landing Page e recebe um e-mail perguntando se realmente quer confirma o cadastro. Se sim, clique no botão e pronto, se não ignore.

Como a LGPD trata da proteção de dados dos consumidores é obrigatória liberdade de arrependimento, onde seja possível fazer o opt-out para sair da lista imediatamente quando solicitado.

Listas antigas ou compradas violam a LGPD.

 

Entregabilidade de e-mail é tudo!

É a hora da verdade para as equipes de marketing quando se avalia a validação do investimento de tempo e recursos empregados na criação do e-mail, promoção e conteúdos. De nada adianta sua empresa possuir a melhor equipe de design, devs, copywriters, analistas e não gerar resultados com e-mail.

No e-commerce um bom trabalho de e-mail marketing traz em média entre 15% a 20% do faturamento via uma base qualificada. Se a sua base de e-mails está atualizada, seus leads estão rankeados, seu funil de comunicação está ativo, mas a taxa de abertura está muito baixa e ou os resultados estão longe de serem comemorados, aproveite e revise os pontos abaixo:

  • Atração dos Títulos (headlines). Quem recebe seus e-mail não os abre?

  • Planejamento, buyer personas e régua de comunicação;

  • Como está a entrega de valor para o seu público?

  • Operacional: Os e-mails estão atrativos, tem bom copy, imagens e a interface de leitura está boa (UX)?

  • Já testou o envio para diferentes provedores (Google, Yahoo, hotmail…) e verificou se a mensagem está adequada para o mobile?

  • Base Tecnológica: desde a plataforma utilizada para envios até a velocidade de carregamento do site, integrações com CRM e muito mais;

  • Manutenção do relacionamento: Você está conversando com alguém que se dispôs a receber suas mensagens?

  • Funil de vendas: está enviando os conteúdos adequados para os destinatários corretos? Topo, meio e fundo? Canais de aquisição diferentes podem demandar abordagens diferentes dependendo do seu ramo de negócio e perfil de público;

  • Automação: como está a processo da nutrição dos leads no funil? Seu inbound está adequado? Que tal aplicar um leadscoring que funcione, taguear os diferentes interesses da sua base, a menos que você venda um único produto, mas eu creio que não. Personalize as mensagens, realize testes AB

  • Double opt-in: utilize sempre para ter leads reais e interessados.

Se você é gestor de marketing é sua obrigação compreender os danos que uma estratégia de e-mail marketing mal aplicada pode trazer para uma marca.

O principal motivo é a falta de conhecimento, portanto ajuste seu check-list e obtenha mais resultados.


Por

Fabrício Alencar Pereira

Gestor de Planejamento e Fundador da Marketing Ways, Empresa de Consultoria em Marketing Estratégico, Branding, e-commerce e Comunicação Integrada, seus subsistemas e influências sobre os negócios com foco no crescimento de receita e valor de marca.

Marketing na Era Digital
Fabrício Alencar Pereira
Fabrício Alencar Pereira Seguir

Meu job é fazer o marketing acontecer. Consultoria Especialista em Marketing 360º, Branding, ​Full Digital & Produtos. ​Desde 2003 Posicionando Marcas com a Comunicação Integrada na Geração de Valor e Resultados.

Ler conteúdo completo
Indicados para você