[ editar artigo]

Empresários resistentes às estratégias, budgets e afins

Empresários resistentes às estratégias, budgets e afins

Oi, uma breve apresentação à comunidade antes de seguir: meu nome é Lucas Marques, tenho 27 anos e sou Social Media e Designer Gráfico há 1 ano, 10 meses e 9 dias. Meu público de interesse são empresários de Negócios Locais de Pequeno a Médio porte.  Fim 😉

Como venço a resistência do administrador do negócio local?

A objeção mora em todos nós, fundamental para sermos críticos, tomarmos decisões e aprender. O ambiente, experiências, cultura fazem o individuo e este por sua vez molda o universo ao ser redor.

Okay? okay!

Diariamente busco manter diálogo com os empresário que atendo para entender suas necessidades. Suas muitas solicitações vem de dores e é para isso que estamos aqui, produzir soluções. Apesar de inúmeras as dores, estas quase sempre convergem em uma via bastante comum, observe: 

"preciso aumentar as vendas da pizza de metro no delivery", "quero fazer uma promoção com um cupom de 20% de desconto", "vamos fazer campanha para o dia dos namorados", "a rádio x da cidade me procurou hoje, uma proposta interessante...".

Eles não sabem qual a melhor estratégia para obter resultados no digital, e vou mais longe: eles sofrem e sentem culpa por não entender essa parte do negócio. É aqui que o medo começa. Medo de perder o dinheiro, o negócio, a confiança do público que ele a duras penas alcançou até ali.

 

"Não entendo como usar o Marketing Digital no meu negócio. Minha experiência com a empresa anterior foi horrível, investi e não vi resultado. Começo a pensar que não existe resultado no Marketing Digital." 

Uau! 

Mas vejamos, todas essas dores, todas as objeções vêm do medo do desconhecido. A nossa função é estabelecer o  diálogo com o empresário de forma precisa, direta, transparente e pautado em entender o que ele não entende. Explicar de forma simplificada os processos funcionará na maioria das vezes (é diferente de técnico, mas não pode ser via senso comum).  Escutar é nossa ferramenta mais poderosa como Estrategistas, Designers e afins. Afinal não é "escutando" que entendemos a demanda e projetamos soluções para o mercado?

Então eu simplesmente escuto o empresário (o que ele não diz às vezes é o essencial e você precisa saber ler isso também) e crio as soluções para ele dentro do que ele precisa. Nada de criar sem necessidade, nada de extraordinário. Só escuto, classifico, projeto, explico e aplicamos (juntos, afinal resultado se produz no cooperativismo entre Marketing, vendas e lideranças).

Finalizo dizendo:

"O óbvio não é óbvio para todos"

Estou aberto a discussões, críticas e adoraria saber o que vocês têm para compartilhar sobre o dia-a-dia de vocês à frente dos seus negócios, cargos e etc.

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você