[ editar artigo]

Games – Um Novo Mundo de Possiblidades para as Marcas

Games – Um Novo Mundo de Possiblidades para as Marcas

Marketing é sobre pessoas e quando falamos de pessoas, falamos profundamente das sociedades humanas e suas atividades culturais e econômicas. Aprendemos, escutamos e somos inundados com notícias sobre as mudanças exponenciais, startups, inteligência artificial, singularidade e tudo mais. E para nós profissionais de marketing, como lidar com isso? A resposta é simples: faça Transformação Digital.

A Transformação Digital não é algo abstrato, é ação. Ação e aprendizado. Ação e aprendizado, encarando a realidade. Se você quer que a sua marca esteja onde o seu consumidor está, já passou da hora de abrir ainda mais a sua cabeça. A palavra de ordem nesse artigo de hoje é Gamification!

Você pode nunca ter ouvido falar nessa palavra, mais saiba que está entre nós, meros mortais, já faz um bom tempo. Os jogos apareceram junto às primeiras civilizações e acompanharam o desenvolvimento humano. Os primeiros estudos ocidentais sobre os jogos como aprendizagem remontam à Grécia e a Roma antigas. Platão reconhecia a importância do aprendizado por meios lúdicos em oposição ao uso da violência e da repressão para o ensino. Posteriormente, Aristóteles ressaltou a importância dos jogos como preparação para a vida adulta, o que reforçou a capacidade educativa dos jogos e brincadeiras.

Falando especificamente de jogos eletrônicos, no início eles eram bastante simples, com gráficos básicos e sem som. Em 1977, surgiram os consoles com cartuchos removíveis. Percebendo o grande interesse do público, muitas outras empresas começaram a desenvolver jogos eletrônicos. Elas melhoraram não só a qualidade do som e das imagens, mas também a tecnologia usada para rodar os games.

Mas o que tudo isso tem a ver com Marketing? Acredite, muita coisa. Segunda dados do Portal Exame, o relatório da consultoria especializada Newzoo projeta que os games para dispositivos móveis devem gerar receita de 77,2 bilhões de dólares neste ano, alta de 13,3% e quase metade de toda a receita do setor. O segmento como um todo deve crescer 9,3%, chegando a uma receita de 159,3 bilhões de dólares, já com projeções incluindo o panorama pós-coronavírus.

Em uma sociedade profundamente conectada, graças ao processo acelerado de transformação digital, os videogames deixaram de ser uma exclusividade de um nicho muito específico da população. Atualmente, são extremamente populares e, por isso, a adoção de Game Marketing pode ser uma excelente estratégia para gerar negócios e popularizar a sua marca. Porém é preciso cautela, pensar em ações que destaquem a sua empresa rapidamente é fundamental, entretanto, essas ações devem trazer relevância e autoridade sem perder a sua identidade.

O Game Marketing, tem se tornado cada vez mais atrativo para as empresas, potencializando os retornos possíveis com patrocínios, anúncios e ações de marketing dentro do cenário virtual. Portanto, uma excelente estratégia a ser analisada por qualquer empresa que busca um diferencial competitivo para se destacar em um mercado cada vez mais disputado. Com as estratégias adequadas, as possibilidades são vastas. É possível utilizar um ambiente tão popular nos dias de hoje para promover a sua marca com precisão, eficiência e escalabilidade.

Ler conteúdo completo
Indicados para você