[ editar artigo]

Mas afinal, qual a diferença entre redes sociais e mídias sociais?

Mas afinal, qual a diferença entre redes sociais e mídias sociais?

Em termos conceituais, há certa confusão no que se refere aos termos “mídias sociais” e “redes sociais”. As redes sociais sempre existiram e nada mais são do que grupos de pessoas que se reúnem para conversar sobre assuntos de seu interesse. O surgimento dos sites de relacionamento, que passaram a ser conhecidos como “redes sociais” permitiram reunir na web várias redes de pessoas com interesses em comum, permitindo a interação e a troca de informações. Já o termo mídias sociais se refere ao meio em que essa interação acontece, ou seja, a ferramenta utilizada para a comunicação, que pode ser Whatsapp, blog, Twitter, TikTok, Instagram etc.

Desde o início das redes de computadores, a web tem sido um lugar para interação social. As pessoas/ marcas se conectam sempre em busca de capital social - visibilidade, reputação, popularidade e autoridade. Não existe conexão sem que se busque ao menos um desses objetivos. 

O marketing nas mídias sociais eficiente requer a capacidade de ouvir, compreender, participar e construir relacionamentos sem interromper nenhuma ação de quem recebe essa mensagem. Ou seja, o marketing nas mídias sociais rompe com o marketing tradicional, provocando uma mudança de estratégias, planejamentos e execução de táticas. Além disso, ele nivela a área de atuação de um determinado tipo de negócio, permitindo que todas as empresas, não importando o seu porte, possam participar das conversações em condições de igualdade, pois não importa se você é um comerciante de bairro ou de uma multinacional, ambos terão a mesma oportunidade de estar online conversando com o seu público, interagindo e criando conteúdo diretamente para ele. E por meio das redes sociais as equipes de marketing podem identificar aquilo que o consumidor deseja.

Seguindo os ensinamentos de Recuero (2012), a cada nova tecnologia e nova ferramenta que surge, surge também uma nova forma de ser social. E  podemos perceber isso em qualquer uma das redes sociais da atualidade, basta observar o comportamento dos usuários de cada uma delas, o perfil de público que se adapta a cada uma e também aqueles que as rejeitam. Aliás, observar as redes sociais, o comportamento delas, seus movimentos, fases e cada alteração, é exatamente o trabalho do marketing e exige muita percepção. 

Construir relacionamento com os consumidores tornou-se algo mais importante do que fazer vendas diretas. Não é à toa que as mídias sociais podem ser vistas como plataformas que se transformaram em verdadeiras fontes de recomendações pessoais (os influencers que o digam!), sendo possível mapear completamente uma pessoa ou marca por meio delas, passar credibilidade, confiança ou até cancelar uma pessoa/ marca por meio de apenas um comentário.

Marketing na Era Digital
Andréa de Souza
Andréa de Souza Seguir

Especialista em Assessoria de Comunicação e Marketing pela UFG com experiência na área de marketing e eventos de mais de 20 anos, atuando na organização, planejamento, docência e treinamentos corporativos. Atuação no marketing digital desde 2012.

Ler conteúdo completo
Indicados para você