[ editar artigo]

O e-commerce mudou a forma como consumimos produtos e serviços

O e-commerce mudou a forma como consumimos produtos e serviços

Quem tem um pouco mais de idade lembra com certeza como comprar coisas simples, comparativamente a hoje, era um verdadeiro desafio.

Há uns 30 anos quando estávamos interessado em comprar um produto ou adquirir determinado serviço, a jornada do cliente era completamente diferente de hoje. Naquela época as pesquisas eram realizadas no local de venda ou prestação do serviço, o melhor cenário era o telefone, quando isso era possível envolvia um grande dispêndio de tempo e, por vezes, dinheiro.

LEIA MAIS - 7 Dicas de marketing digital para e-commerce

Para gerações mais novas que já nasceram conectadas à internet, os always on, fica até difícil imaginarem a vida do consumidor sem a facilidade do Google, Buscapé, as resenhas na Amazon e avaliações de comércio digital como NetShoes, Americanas, Magazine Luiza e centenas de outros nomes com os quais estamos tão familiarizados.

Com o advento da internet, muito consumidores, inclusive eu à época, entenderam a possibilidade gigantesca que estava à nossa frente e como a partir dali tudo seria diferente. Experimentamos aquela sensação maravilhosa de que eu poderíamos comprar sem sair de casa, pelo melhor preço possível,  sem necessidade de gastar tanto tempo e dinheiro para isso. Um universo promissor abria-se naquele momento.

Hoje quando necessito de um produto ou serviço vou ao Google e faço uma busca, em seguida vejo as possibilidades existentes, pesquiso sobre as melhores, leio as avaliações dos próprios consumidores e a partir do momento em que fiz a minha escolha, é hora de procurar a melhor proposta de valor, ou seja, o somatória do preço com o diferencial, pois não adianta comprar algo barato que não irá resolver o meu problema nem suprir minhas necessidades.

Com o tempo os sites de e-commerce foram sendo aperfeiçoados para oferecer uma experiência mais fluida e intuitiva, até chegarem aos aplicativos mobile que geralmente tem ofertas e benefícios exclusivos.

Você já parou para pensar o transtorno que seria nos dias de hoje caso o e-commerce não houvesse evoluído a esse ponto?

Estamos sempre com a agenda cheia, sem tempo para nada e muitas vezes somos obrigados a fazer nossas compras em momentos destinados a descanso, lazer e até em deslocamento em transporte público, tudo isso graças a conectividade dos smartphones.

É claro que nem tudo são flores e que o comércio digital também acaba competindo com as lojas físicas e superando-as no quesito preço, pois o número de funcionários, o gasto com aluguel dos pontos, energia, água etc. é substituído por grandes centros de distribuição, como é o caso da Wine que revolucionou o mercado de venda de vinhos no Brasil. Fica praticamente impossível competir nesse quesito, até porque já houve situações de compra de safras inteiras de determinado rótulo.

Os pequenos que lutem para oferecer um atendimento de qualidade, capaz de encantar e fidelizar o cliente através desse diferencial, tendo em vista que no quesito preço será praticamente impossível competir.

 

TAGS

e-commerce

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você