[ editar artigo]

O Futuro dos Negócios Orientado a Dados

O Futuro dos Negócios Orientado a Dados

No mundo dos negócios, é imprescindível colocar os dados no centro da tomada de decisão e do planejamento estratégico, buscando fontes confiáveis ao invés de gerir empresas por pura intuição ou “achismo”. Elas planejam, executam e gerenciam suas estratégias baseando-se em dados reais, confiáveis e em sistemas analíticos poderosos, afim de desenvolver sua inteligência corporativa. Ao usar o poder dos dados, as organizações tomam decisões mais assertivas e geram valor superior no mercado, desse modo saem na frente da concorrência e crescem muito mais rápido.

Uma das principais diferenças entre empresas data driven e empresas tradicionais, é o uso dos dados de forma integrada em seus processos. Isso significa que as informações não ficam armazenadas em computadores individuais, mas são dispostas em um sistema centralizado – geralmente em nuvem, para que todos dentro da empresa tenham acesso a qualquer momento. Porém, é fundamental que existam profissionais dentro da empresa que sejam especializados no assunto e consigam fazer essas transformações acontecerem. Dessa forma, os resultados dependem menos da produtividade individual de cada colaborador e passam a se basear na inteligência coletiva, o que garante mais agilidade à rotina empresarial.

O uso de dados, geralmente feito de maneira automatizada, permite uma mídia otimizada e uma estratégia criativa, pois estimula as empresas a compreender quem, o quê, onde, quando e o porquê dos seus esforços de marketing. Com isso é possível criar uma maior eficiência, personalizando as ações para o público em potencial, além de gerar ROIs consideráveis.

Além disso, segundo o levantamento da Nielsen Digital Ad Ratings, mais de um terço dos anúncios digitais são desperdiçados em impressões fora do target e sem visibilidade. Portanto, identificar onde estão esses desperdícios e gargalos para otimizar o plano é crucial, além de ter amplo entendimento da performance e saber qual a contribuição de cada veículo para o alcance e frequência em cada perfil de segmentação.

Os benefícios do marketing baseado em dados são muitos. Conheça alguns:

1. Atingir os consumidores certos e na hora certa

Os investimentos em anúncios são otimizados para serem exibidos apenas para as personas mais apropriadas dentro das suas jornadas de compra.

2. Audiências e comunicação relevante

A mensagem é mais segmentada e o conteúdo relevante o suficiente para ressoar em cada perfil de consumidor.

3. Compra de mídia mais eficiente

Através dos algoritmos e aprendizado de máquina, é possível fazer uma compra de mídia mais coerente e ajustada.

4. Testes A/B baseado em dados

Os teste A/B eliminam a necessidade de fazer suposições e abrir margem para falhas.

5. Otimização da experiência do usuário

Acompanhamento da campanha em tempo real, ajustando motivos de rejeição rapidamente.

Conforme o amadurecimento das empresas em relação ao data driven e as novas tecnologias, em forma de soluções robustas e eficientes, o aprimoramento dos processos e operações ganham mais importância para sustentar essa transformação organizacional.

Contar com as ferramentas eficientes vai trazer impactos positivos para todas as áreas envolvidas, desde os processos diários de análise até a governança dessas informações. Afinal, são essas informações que vão dar clareza na hora de tomar decisões importantes e orientar ações como reduzir custos, otimizar a produtividade e desenvolver novos produtos; tudo de forma alinhada com as necessidades do público e os objetivos da organização.

Quando uma empresa passa a tomar decisões com base em dados, e não mais em intuições e “achismos”, a ocorrência de erros diminui, o que reflete em menos custos, mais otimização de tempo e melhores resultados. E toda essa cadeira de melhorias e transformação digital é fundamental para a sustentabilidade do negócio a longo prazo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você