[ editar artigo]

O Gene de um Meme

O Gene de um Meme

Hoje vamos falar sobre genes, digo memes. Mas para começar, deixaremos claro que um gene – isso, com g – nada mais é que a unidade fundamental da hereditariedade. Dito isso, como definir o conceito de meme? Pois bem, se o gene é considerado a unidade mínima de propagação genética, o meme nada mais é que a unidade mínima de propagação de cultura.

E por mais que você ache que esse termo surgiu agora, foi na década de 70 que o etólogo Richard Dawkins nomeou essa unidade que assim como o gene, que salta de corpo em corpo carregando um emaranhado de informações, consegue circular de indivíduo em indivíduo se propagando como um tipo de imitação capaz de criar memórias.

Ainda que seja cada vez mais comum ver o surgimento de novos memes, manifestados por meio de fotos, vídeos ou frases, se espalhando rapidamente com o auxílio da internet, o que nem todos percebem é que os memes de forma geral tem características bem específicas.

Então quais seriam os genes de um meme? Possivelmente a visível despretensão na criação do conteúdo, linguagem clara e ideias simples de serem replicadas, além da facilidade de conexão com públicos variados.

É fato que o surgimento de um meme não é premeditado, mas por que não dizer que ele se propaga como um impulso para satisfazer nossas vontades? Toda demanda nasce de uma necessidade ou desejo e é na busca pela satisfação de seu público, que marcas e empresas utilizam memes em seu dia a dia como forma de demonstrar empatia e se conectar de maneira diferenciada com seu mercado alvo.

Se usado com sensatez e perspicácia, um meme pode e com certeza será uma ótima estratégia para o seu composto de marketing. O fundamental, é claro, é conhecer o público com quem você conversa, já que em um ambiente grandiosamente desafiador, quanto maior o equilíbrio de suas ações, maior será o processo de troca com sua clientela.

Como diria Dawkins, "quando morremos há duas coisas que podemos deixar para trás: os genes e os memes”. E que marca não gostaria de ser eternamente lembrada?

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você