[ editar artigo]

Os Brasucas no topo do podcast

Os Brasucas no topo do podcast

Dá para escutar num site, numa plataforma de música ou num aplicativo só de podcast no celular, para ir ouvindo quando a gente preferir: no trânsito, lavando louça, na praia, na academia...

Um passadinha pela história - Serviços promissores começaram a partir de 2004, o podcast — conceito atribuído ao ex-VJ da MTV Adam Curry, que criou o primeiro agregador de podcasts. A palavra podcast é junção de Pod – “Personal On Demand” (pessoal sob demanda), retirada de iPod, com broadcast (radiodifusão). Na década de 1980, muito antes de a internet invadir a vida das pessoas, já existia nos Estados Unidos o serviço chamado RCS (Radio Computing Services). Basicamente, ele fornecia software de música e conversação para emissoras de rádio, no formato MIDI. Era um serviço restrito, que, se não permitia que qualquer pessoa criasse e distribuísse seu conteúdo em áudio, inovava por colocar a mídia auditiva no formato digital.

           Carl Malamud - Ele fundou o Internet Multicasting Service.

Foi usando o mesmo princípio de áudio em arquivos digitais que, em 1993, o profissional de tecnologia americano Carl Malamud criou um talk show inovador. Batizado de, “o programa de entrevistas não era distribuído por rádio”, mas em arquivos de computador. Era preciso instalar o arquivo num PC e arrumar um jeito de ouvi-lo apesar da pouca tecnologia disponível na época.

O primeiro podcast nacional, o Digital Minds (descontinuado) foi criado em 21 de outubro do mesmo ano por Danilo Medeiros.

Um podcast é como se fosse um programa de rádio, mas não é: em vez de ter uma hora certa para ir ao ar, pode ser ouvido quando e onde a gente quiser.
E em vez de sintonizar numa estação de rádio, a gente acha na internet.

Existem mais de 2 mil programas ativos no País, que já foram ouvidos por 50 milhões de brasileiros


O que é um Podcast?

Um podcast nada mais é do que um programa de rádio gravado e que o ouvinte pode escutar quando quiser. Além disso, para ouvi-lo você não precisa sintonizar uma emissora: basta acessar um serviço de streaming, um site específico ou fazer o download do arquivo digital.

“De acordo a Associação Brasileira de Podcasters (ABPod), há mais de 2 mil programas ativos de podcasts no país. Uma análise desse mercado foi feita em pesquisa conduzida pelo Ibope Inteligência: cerca de 40% da população de internet do Brasil, o que resulta em 50 milhões de brasileiros, já ouviu podcasts. Portanto, há bastante espaço para que esse conteúdo, bastante qualificado, cresça nos próximos anos. No ano passado, a Spotify Brasil divulgou uma pesquisa sobre o consumo de podcasts no mundo, e classificou o Brasil como “o país do podcast”, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.”

 

Referências:
ASSIS, P.; SALES FILHO, E. [Metacast] 14 - O podcast é mais que um MP3. In: Metacast. 1 jul. 2009a.
https://bit.ly/3qrYc3F - https://trendings.com.br
Associação Brasileira de Podcasters (ABPod)

 

Marketing na Era Digital
Jackeline Menezzes
Jackeline Menezzes Seguir

Ensino pessoas a mandar bem no digital, pensamento consciente, inteligência emocional, psicologia de sucesso e marketing no digital. Designer gráfico, Web designer.

Ler conteúdo completo
Indicados para você