[ editar artigo]

Plano de marketing: o passo a passo

Plano de marketing: o passo a passo

Independentemente do tipo ou do tamanho da empresa, criar maneiras e estratégias para atrair clientes é um dos focos do negócio. Em primeiro lugar, a empresa precisa oferecer produtos e serviços de qualidade. E deve fazê-lo com excelência no atendimento. Para uma organização sobreviver e ter sucesso, também é necessário desenvolver um plano de marketing. Ele deve ser bem elaborado e definido, para se conseguir vantagem competitiva frente ao mercado. A utilização do plano de marketing torna a empresa menos vulnerável às crises, pois estas podem ser previstas com antecedência.

O que é um plano de marketing?

O plano de marketing é uma ferramenta estratégica gerencial. Ela é utilizada para identificar as forças e fraquezas da empresa e as ameaças e oportunidades que o mercado proporciona. Com isto, estimula o empreendedor a estabelecer metas e objetivos. Assim como a buscar conhecer as necessidades e desejos dos seus clientes. E consequentemente levar a empresa a se tornar mais competitiva entregando mais valor.

Os planos de marketing variam em conteúdo e metodologia. Empresas com estilos diferentes elaboram planos com formatos diferentes. Isso depende também do mercado em que se atua. Embora alguns mercados sejam mais dinâmicos, não se deve fugir da tarefa de desenvolver o plano de marketing. A elaboração do plano, com data para ser finalizada, “obriga” a empresa a realizar o processo de planejamento.

O plano de marketing beneficia a empresa por ajudar os seus gestores e funcionários a estabelecer prioridades. Especialmente sobre como investir seus recursos e comunicar para todos o rumo que a empresa quer tomar. Enfim, o plano de marketing conduz, informa e determina os próximos passos que o empreendedor precisa dar. Estes passos ajudam a comercializar melhor seus produtos e serviços.

Como fazer?

Inicialmente, é preciso planejar, e para isso é importante seguir alguns passos:

  1. Faça uma análise da situação
    Analise os pontos fortes e fracos da sua empresa e compare cada um deles com a concorrência, destacando os benefícios que o diferenciam no mercado.
    Identifique as ameaças e oportunidades que a sua empresa possa ter em relação ao mercado e a concorrência e calcule o quanto de capital você pode aplicar nas ações de comunicação e marketing.
  2. Descreva o seu público alvo
    Desenvolver o perfil do seu cliente é importante. Construa a persona (perfil do seu consumidor). Não basta saber somente idade e gênero do seu público-alvo, é preciso saber como ele pensa, seus sonhos, desejos, hábitos de consumo e personalidade.

  3. Conheça a concorrência
    Tão importante quanto conhecer o público alvo é imprescindível o conhecimento da concorrência. Pesquise quem são seus concorrentes diretos e indiretos, levante todas as informações possíveis. Por exemplo: sua forma de atuação, onde estão localizados, como se comportam com os clientes, quais soluções oferecem e que valor estão entregando. Após isso, faça uma comparação com o seu negócio e veja o que precisa ser melhorado.
  4. Descreva os objetivos e metas
    Defina os objetivos que deseja para o seu negócio, “o que você deseja que sua empresa seja quando crescer? Quanto você quer aumentar de vendas? Quantos clientes você quer aumentar e/ou reter em determinado período?
    Com as definições de objetivos e metas você será capaz de escolher as ações e as estratégias mais adequadas. Anote uma pequena lista com o objetivo e com as metas e torne-os mensuráveis para que você saiba quando você os alcançou. Um ponto importante: a definição de metas deve ser realista, viável e alcançável. De nada adianta propor metas que não irá conseguir atingir, isso desmotiva.
  5. Desenvolva as estratégias de comunicação e marketing
    Chegou o momento de você detalhar quais serão as estratégias que você usará para alcançar seus objetivos e metas. Identifique o seu mix de marketing ideal e as mídias mais adequadas para o seu negócio. Mas, lembre-se que terão que alcançar seus clientes. De nada adianta investir em comunicação e marketing, se não atingir o seu público-alvo e não trouxer resultados positivos para a empresa.

  6. Acompanhe os Resultados
    Após determinar o período de cada ação, é imprescindível monitorar todos os resultados. Isso permite fazer as adequações ou atualizações, caso seja necessário. E também ajuda a medir a efetividade do plano. Todas as etapas do plano de marketing são muito importantes e devem ser realizadas com muita dedicação. Com certeza fará a diferença no seu empreendimento.
    Por meio do plano será possível conhecer profundamente algumas informações importantes sobre seu negócio.

Boa sorte!

 

TAGS

plano

Marketing na Era Digital
Ana Carolina Del Vigna Missé
Ana Carolina Del Vigna Missé Seguir

Formada em Design Digital pela Universidade Anhembi Morumbi.

Ler conteúdo completo
Indicados para você