[ editar artigo]

Ponto para o PODCAST

Ponto para o PODCAST

As diretrizes desta mídia é clara, só fica quem ama de verdade o que vai compartilhar e ponto. Por essa máxima dá pra ter uma ideia da “bacaneza” dela, dificilmente onde há verdade tem como dar errado.

Contribuir de fato com algo aprendido ou entender o quanto o assunto seja interessante para ocasionar alguma mudança nas pessoas e traduzir em conteúdo de qualidade é uma tendência que aqui no país já acontece a cerca de 2 anos. Tudo isso sem a necessidade de cair na vibe dos likes do curtir ou alimentar o super ego e assim cumprir o foco das comunidades.

Mas nem só de paixão sobrevive os PODCASTS, é tudo bem organizado e seguido de uma curadoria, isso que dá o tom pra que todos sejam beneficiados e que garante a qualidade dos materiais, há também um editor que auxilia nesta empreitada que já faz parte do nosso cotidiano.

Atualmente é comum ver pessoas trânsito, em casa, na academia ou em outra ocupação ouvindo suas pílulas de conhecimento através desta ferramenta. Sua missão não para por aqui, ele promove educação, auxilia e pode ser responsável pela integração da crossmedia e transmedia.

Autenticidade é a definição de algo que com certeza veio pra ficar, e as marcas que já entenderam isso, inclusive porque é acessível a todos os segmentos e adaptável para diferentes tamanhos, podem se beneficiar. Criam-se assim os próprios canais pra falar de suas marcas com profissionalismo, ou mesmo daquelas que tem como proposta de promover  o ensino  comprando seus canais de educação como por exemplo fez o Magazine Luiza.

Neste cenário ao consumidor é dada a oportunidade de adentrar mais ao universo daquilo que  ele gosta e sobretudo admira em contrapartida  a marca gera conexão com os mesmos, assim ponto para o PODCAST.  

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você