[ editar artigo]

Transformações do Ambiente de Marketing

Transformações do Ambiente de Marketing

Como professora da disciplina de Mercadologia em cursos de graduação (nas mais diferentes áreas do conhecimento), e estudiosa da área, constatamos em cada lançamento de produto, em cada nova tendência de mercado e no complexo processo de transformação do comportamento das pessoas, o quão desafiador tem se tornado o ambiente em que as estratégias de marketing operam.

Quando introduzimos o aluno nesse mundo mágico do marketing (assim considero), abordamos dentro de uma perspectiva, que considero tradicionalista, não obstante, essencial, os aspectos que consideramos elementares para o manuseio das táticas de marketing e assim, apresentamos o macroambiente, cujas forças são impositivas, intempestivas e incontroláveis.

Improvável no atual contexto em que vivemos, limitar esta discussão aos aspectos: econômico, natural, político, cultural e tecnológico, pela necessidade de extrapolar o pensamento e as linhas de ação no âmbito da mercadologia, para o que também entendo como “forças” do universo VUCA. São distintas versões do comportamento humano, ademais, um mercado permeado de incertezas, mudanças, ambiguidades e, principalmente, altíssima complexidade, que atribuo ao imenso leque de possibilidades e versões em termos de consumo de serviços e produtos; a disponibilidade dos mesmos fisicamente e nas plataformas digitais; o ambiente de intensa competição das marcas e uma infinidade de outros fenômenos que poderíamos discutir.

Não disse nada aqui que a comunidade do “Marketing na Era Digital” não tenha conhecimento, somente reforço o que foi muito bem colocado nas aulas por Martha Gabriel, que ao falar de Ambiente de Marketing ressaltou pontos de atenção no processo analítico sobre esta temática e para o direcionamento de ações estratégicas, principalmente no que tange ao Mobile: a internet da coisas, caminha para um processo de reconstrução do mundo e das relações entre as pessoas e os produtos que consomem.

Destaque também para a sustentabilidade! Improvável pensar o Planejamento Estratégico de Marketing, sem análise e reflexão sobre esta perspectiva e sem ações neste sentido, que respaldem a operação de marketing. Além da questão da preciosidade dos dados e da forma como o utilizamos na construção da estratégia e, as demais abordagens tão bem discutidas.

Sem dúvida alguma, está sendo um imenso desafio acompanhar a infinidade de fenômenos e transformações pelos quais estamos atravessando e, construir pensamento estratégico em torno das novas perspectivas do marketing. A partir desta reflexão, reconheço a necessidade de uma total repaginação das metodologias de ensino na esfera do marketing, valorizando a perspectiva tradicional, porque sem ela, não se tem conhecimento de marketing e expondo os estudantes a cenários de análise e decisão, para que assim, estejam preparados para o presente e desdobramento das tendências para o futuro.

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você