[ editar artigo]

A verdade que ninguém quer encarar

A verdade que ninguém quer encarar

A complexidade do mercado digital e volatilidade das redes sociais criou um cenário de instabilidade para qualquer estratégia engessada, no que diz respeito a engajamento, alcance e conversão de negócios.

Em meio ao surgimento cada vez mais rápido de novas plataformas que competem pela atenção e tempo, cada vez mais escasso, da audiência, muitos profissionais questionam qual a melhor plataforma ou formato para alcançar os resultados financeiros desejados.

A produção e distribuição de conteúdo é um dos mais importantes pilares e também a mais desafiadora.

Mas o que está errado?

Você cria um conteúdo e posta nas redes sociais torcendo para que o algoritmo seja legal com você e entregue para as pessoas certas, na hora certa. Para isso investe em designer, copy e tráfego na esperança de uma conversão melhor.

Depois de horas, rios de suor e de lágrimas fica a pergunta: cadê o meu resultado?

A verdade é que:

Nenhum conteúdo irrelevante resiste à prova dos algoritmos.

Tráfego não cura conteúdo ruim. Copy não cura conteúdo ruim. Designer lindo não engaja conteúdo ruim.

Se o conteúdo resolve uma dor latente de forma prática, de uma pessoa específica no momento em que ela está precisando: É UM CONTEÚDO BOM.

O melhor é encarar a verdade: se não trouxe o resultado desejado, não era o momento daquele conteúdo ou não era tão bom.

Volte para as etapas de pesquisa e de planejamento e repense o que deve ser mudado.

Marketing de conteúdo é muito mais do que só postar nas redes sociais.

É comunicar e educar o público, impactando em todas as etapas, com informações relevantes.

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você