[ editar artigo]

Aterrissagem de performance

Aterrissagem de performance

O distanciamento social se estabeleceu em nossas vidas há um ano e, com isto, pudemos notar como a comunicação digital vem crescendo rapidamente. Basta espiar a quantidade de vagas para analista em marketing digital e, veremos uma enxurrada de oportunidades. E o motivo é simples: as marcas precisam serem vistas digitalmente para conseguirem vender.

O marketing de performance tem justamente esta função no marketing na era digital, a da publicidade digital. E como todo bom marketing e publicidade, um bom planejamento é vital. Não basta criar campanhas semelhantes as do offline e sair postando no online. Devemos ter em mente que para ser visto hoje é preciso ter presença digital e, para ser presente digitalmente é preciso saber onde as pessoas estão. Além disto, é preciso identificar sua linguagem, seus interesses e seus comportamentos para que haja interação e engajamento. Da mesma forma, é necessário realizar um bom estudo nas palavras-chave para dar lances naquelas que convertam de fato. Isto porque uma campanha que não tem relevância, ou seja, que tenha pouco ou nenhum clique/acesso é  uma campanha sem qualidade, sem o porquê de existir. E a métrica de sucesso na publicidade, ou melhor, no marketing de performance é aquele que converte.

A fim de converter, o marketing de performance possui diversas facetas a serem exploradas, como: marketing de afiliados, social media advertising, conteúdo patrocinado, publicidade nativa, entre outras. Cada uma delas deve ser estudada, escolhida e planejada conforme objetivo da campanha e a segmentação do público-alvo.

Uma vez escolhida o formato do anúncio, deve-se estabelecer quais as métricas a serem coletadas. Sem elas não haverá referencias de quanto a campanha conseguiu converter e todo o investimento será perdido. Acredito que aqui esteja o grande erro nas campanhas atuais. Muitos esperam ter um volume considerável de interação para então estabelecer métricas e fazer a leitura.

Para que métricas não sejam apenas um volume de dados coletados por acaso e sim verdadeiros KPIs de conversão, devemos acompanhar, monitorar e analisar a base de dados sempre que possível, realizar testes A/B, validar o estágio da jornada do usuário e ter um bom site ou landing page para que a aterrissagem daqueles que realmente se interessaram pelo anúncio confirmem o valor de seu produto e de sua marca.

Marketing na Era Digital
Vivian Kadowaki
Vivian Kadowaki Seguir

Acredito que o aprendizado continuo e a busca por novas oportunidades são essenciais para nosso crescimento. Tenho experiência com B2B, coordenação e produção de ações promocionais e de eventos corporativos. Vamos somar nossas experiências?

Ler conteúdo completo
Indicados para você