[ editar artigo]

E que venha o novo... o outro novo... e de novo.

E que venha o novo... o outro novo... e de novo.

Não precisava vir uma pandemia para o mercado global perceber a necessidade de construir pilares estratégicos envolvendo parceiros. Isso fica muito evidente hoje. O apoio para passar por essa transição econômica gera atitudes de enxergar que estamos na era do E e não do Ou.

Vuca é um termo um pouco antigo para falar de um mundo que se encontra diferente.

Volátil: Sem constância, pode estar em alta ou em baixa.

Incerto: Dificuldade de enxergar o futuro.

Complexo: A complexidade é a dependência de vários fatores.

Ambíguo:  Um fator tem efeitos diferentes para públicos diferentes.

E trazendo esse termo para atualidade, temos muito que nos bloquear de fatores que nos deixam com fragilidade. O cenário Vuca é considerado frágil. É difícil ter estratégia, mas não impossível. A tecnologia veio na constância de transformação onde temos que estar confortáveis para isso, entender a forma para adaptar a situação e aprender a lidar com os momentos de fragilidade.

E como podemos agir?

Ter o impulso de combater fragilidade com agilidade. Ter um pensamento crítico, mas principalmente agir nas adversidades nos torna mais fortes para superar aquilo que não estava previsto. Ser resiliente e não estar resiliente. A resiliência apoia quando você é impactado por algo, mas devido a essa consciência, consegue retomar do ponto onde parou ou recomeçar.

Ser ágil, ter visão: olhar, compreender, ter clareza. Hoje em dia precisamos filtrar para essa visão. Cada dia permanecemos mais mergulhados em um cenário difícil de excesso de informação. Nosso sucesso depende do que vemos e do que não vemos. E realmente entendo que é mais do que não vemos.

Não deixar essa poluição interferir é estar no caminho certo para ter objetividade para traçar uma estratégia. Abrir a mente e ver possibilidades. Se a sua estratégia hoje está no Facebook, ele pode acabar e você não terá mais público. Assim como Instagram, Twitter e as demais plataformas.

Ser ágil é reconhecer o domínio da estratégia. Quem domina a estratégia: a plataforma ou eu?

Quem sabia da importância de coletar dados dos clientes e agora na pandemia expandiu os meios de contatos, foi ágil e não se abateu pela fragilidade.

Para conseguirmos dar continuidade no mundo Vuca, temos que ter mentalidade digital.

Ter mentalidade digital no marketing é ir muito além para se diferenciar do que já fazia. Pensar em oportunidades que o momento trouxe junto com o plano de marketing (o que é meu negócio, público...etc) e caso ainda não saiba o que é isso e o quão importante o marketing influencia em todos os âmbitos de estratégia e mercado, é melhor ressignificar seu plano de negócio.

Ler conteúdo completo
Indicados para você