[ editar artigo]

Gatilhos e o Neuromarketing

Gatilhos e o Neuromarketing

Os chamados “gatilhos mentais” tão explorados no marketing são reais?

É possível manipular o comportamento humano de forma repetida e exata, replicando para todos os indivíduos resultados anteriores através de gatilhos mentais, distribuídos nos textos comerciais e nas redes sociais?

Seria assim tão previsível o comportamento humano frente a um estímulo impossível de resistir?

Resumir a neurociência a uma ciência matemática é um erro. Tá certo que sim, os padrões humanos são parecidos e cíclicos. Pensamos em manada, somos extremamente influenciáveis e moldados pelo meio. Porém as variáveis individuais de cada um são tão grandes que seria impossível prever padrões de comportamento exatos, como sugerem os gatilhos. Por isso que as ciências biológicas e humanas não são exatas.

Um copywriter ao escrever uma carta de vendas pode sugerir que através dos “gatilhos”, cada leitor se identifique e tome a ação desejada, o que nem sempre acontece. E isso tudo precisa acontecer de forma sútil e quase que imperceptível ao lead. Uma vez que o ser humano não suporta a consciência de se sentir usado ou manipulado. Podendo até tomar uma ação reversa, caso perceba.

O estudo neurológico e comportamental humano está em descoberta e evolução, pouco ainda sabemos sobre nossa mente, ainda que nos últimos anos aprendemos mais do que toda a história da existência humana.

Na minha opinião, a maior arma de vendas que o marketing tem é o sistema límbico humano. Tocar a emoção e despertar aquele desejo é o verdadeiro gatilho mental.

Isso porque o seu possível cliente AMA ser convencido quando ele já quer comprar algo. 

Quando a compra acontece primeiro na emoção, ele vai procurar na carta de vendas os argumentos racionais necessários para se sentir justificado ao realizar a compra. E se livrar daquela culpa atormentadora. Aí então fica mais fácil, basta apenas ter bons argumentos e pronto! Todos ficam felizes com o negócio.

 

Dani Toniete

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você