[ editar artigo]

Marketing de proximidade e os Beacons

Marketing de proximidade e os Beacons

Quem já passou pela situação de ir trabalhar e esquecer o celular em casa e por conta disso ficou completamente perdido e até não conseguiu desempenhar bem sua função pois estava se sentindo desconfortável fisicamente e psicologicamente? Hoje em dia há quem diga não ser possível viver sem o celular sendo este praticamente “uma extensão do próprio corpo”.

Segundo um relatório produzido pelo We Are Social e Hootsuite de janeiro de 2021, aponta que existem 5,22 bilhões de usuários com dispositivos móveis em todo o mundo. No Brasil, segundo pesquisa realizada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) em maio de 2021 estão em uso 440 milhões de dispositivos digitais (computadores, notebooks, tablets e smartphones) do total, 53% são celulares (242 milhões).

Com os dispositivos móveis fazendo parte da vida de milhões de pessoas não tem como não pensar em elaborar estratégias de marketing voltadas para estes dispositivos.

Mobile marketing é um termo que se refere ao uso de dispositivos móveis em ações de marketing. Os principais objetivos de estratégia são: relacionamento, fidelização do cliente, o aumento do número de leads e vendas.

O benefício do mobile marketing é atingir o público-alvo em qualquer lugar que este esteja. As ações podem ser diversas utilizando os recursos de tecnologia mobile como: Aplicativos, SMS, NFC, QRCode, GPS, RFIF, bluetooth e beacon. Os dispositivos mobile são essenciais para ações online, mas também são utilizados para ações offline e o melhor de tudo possibilitam a união do on e off.

Você já ouviu falar na tecnologia Beacon?

Um dos mais recentes desenvolvimentos em tecnologia de localização e marketing de proximidade. Os beacons são pequenos transmissores sem fio que usam tecnologia Bluetooth de baixa energia, eles podem se conectar em celulares e smartwatches e em outros dispositivos inteligentes para transmitir e coletar informações sem a necessidade de conexão com internet. Com esta tecnologia é possível obter localização onde não há sinal de GPS e outra vantagem é um alcance quase 10x maior que um sinal de Wi-Fi.

As possibilidades que a tecnologia beacons proporciona aos empresários e aos usuários são únicas e muito promissora. De acordo com uma previsão do Global Market Insights o tamanho do mercado de tecnologia de beacon deve ultrapassar US$ 25 bilhões até 2024.

 

Como funciona a tecnologia Beacons?

Para melhor compreender quais ações podem ser realizadas com a tecnologia beacon é importante entender como este funciona na prática. Quando qualquer beacon é ativado para transmitir os dados pré-configurados, este os transmite para todos os dispositivos que estejam com o Bluetooth ativado dentro de seu alcance.

Os beacon assemelham-se as ferramentas analíticas de rastreamento de sites que são usados ​​por empresas para monitorar os caminhos que os clientes seguem para chegar a uma decisão de compra.  Por meio dos beacons é possível identificar a localização específica dos clientes, por exemplo dentro de uma loja.

O usuário que se conectar com o beacon pode começar a receber as informações podendo ser: push notification, anúncios, URL, vídeos e etc.

 

Como aplicar a tecnologia beacons em ações de marketing?

As possibilidades da tecnologia de beacon em marketing de proximidade são inúmeras abaixo destaco algumas:

  • Atribuição offline com o Google Ads

Uma grande dificuldade para os profissionais de marketing é entender como suas campanhas online estão ligados à atribuição offline. Ao conectar os sinais do um beacon à uma conta do Google Ads, é possível fazer o rastreamento de visitas em lojas físicas.

Como isso acontece na prática?

Um usuário pesquisa por um produto na internet e clica em um anúncio do Google que o direciona para a loja online, mas o usuário não efetiva a compra, dias depois este mesmo usuário decide comprar o produto na mesma loja, porém preferiu fazer a compra na loja física. Ao entrar na loja física o beacon reconhece o dispositivo e identifica que este usuário clicou no anúncio de sua loja online, o beacon vincula a conta do Google Ads e atribui como uma visita a loja.

  • Coleta de dados para a ficha do Google Meu Negócio

Uma lista do GMB atualizada e detalhada é essencial para o SEO local, fazendo com que sua loja fique destacada nas pesquisas. E fazer a instalação de um beacon em uma loja, pode ajudar no preenchimento e detalhamento da ficha do Google Meu Negócio.

Na prática os beacons coletam os dados dos clientes que entrarem na loja, rastreando horários da visita podendo reunir mais informações sobre o check-in, bem como é possível solicitar aos usuários para inserir comentários e fotos por meio do serviço Local Guide.

  • Envio de anúncios e ofertas

Com os beacons é possível transmitir informações aos dispositivos, sendo assim outra aplicação possível é o envio de anúncios e ofertas aos usuários que estiverem próximo a uma loja física.

Exemplo de aplicação: O usuário está em um shopping passando em frente de várias lojas ao parar em uma vitrine, o beacon desta loja reconhece o dispositivo celular e compreende o interesse do usuário por produtos da loja, e faz o envio de uma oferta.

 

Conclusão

Sabemos que a briga pela atenção dos consumidores é muito grande e o consumidor por sua vez esta cada vez mais saturado do marketing tradicional e por vezes de algumas estratégias digitais também.

Cada cliente tem uma trajetória única desde o momento em que seu interesse é despertado até a conclusão do pedido e a marca pode dar um empurrãozinho para ajudar o cliente a tomar a decisão e a tecnologia beacon pode ajudar com isso.

Quanto mais diferenciada e única for a experiência de um cliente, com uma marca, maior será a possibilidade de conversão e fidelização. Para sair na frente dos concorrentes investir em uma solução inovadora é uma boa estratégia.

 

 

 

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você