[ editar artigo]

Marketing Escolar X Dados

Marketing Escolar X Dados

O universo escolar é orientado por dados. Informações de alunos, professores, famílias, instituição. Existe uma cultura de dados, porém ainda pouco explorada ou valorizada na área de marketing. O que prevalece nas discussões com gestores sobre a instituição, quando o assunto é marketing, ainda é a leitura da direção e dos professores sobre o ambiente e as pessoas. As ações são realizadas a partir de percepções isoladas e a chance de erro é maior.

Já ouvi de muitas escolas de cidades pequenas a seguinte frase: “Não tenho concorrentes, aqui somos todos colegas e nos conhecemos muito bem”. Porém, o problema era sempre perder alunos para o colega. Então a concorrência existia sim, só não havia um trabalho para conhecer de verdade os diferenciais do outro e entender porque a escola estava perdendo alunos para o vizinho.

O meu papel era sempre explicar a importância dos dados para a tomada de decisões. E, muitas vezes, a instituição precisava de uma simples coleta de dados, que podia ser realizada por meio de pesquisas de satisfação, de registros de atendimentos na escola, telefone/WhatsApp, e-mail, de controle de alunos por turma, da análise do mercado local (crescimento da região e novos investimentos), de informações do CENSO Escolar (disponível para todos), da visualização do site e das redes sociais da própria instituição e da concorrência, etc.

Mas o impeditivo da coleta de dados era o trabalho da organização e leitura das informações, porque sem análise não adianta a coleta. Fazer pesquisa e não olhar para o resultado com o objetivo de solucionar problemas, não faz sentido.

Conforme Rafael Kiso, em sua aula de Data-Driven Marketing, só temos benefícios com a coleta de dados, pois ganhamos em tempo com a clareza de informações, na segmentação e personalização do nosso produto ou serviço, no desenvolvimento de novos produtos a partir das necessidades identificadas com a experiência do nosso cliente ou futuro cliente em nossos canais.

A análise dá mais trabalho, mas quando o gestor percebe os benefícios da coleta de dados no marketing, toda e qualquer decisão ou ação é realizada com informações claras e precisas, sendo muito mais fácil corrigir a rota, se necessário, eliminando percepções isoladas do ambiente e desalinhadas com a estratégia de comunicação da instituição.

Marketing na Era Digital
Priscila Padilha
Priscila Padilha Seguir

Jornalista de formação, pós-graduada em marketing e especialista em marketing escolar. São mais de 22 anos de atuação nas áreas de marketing, comunicação e de relacionamento com clientes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você