[ editar artigo]

Neuromarketing, como identificamos na prática?

Neuromarketing, como identificamos na prática?

O próprioo nome nome já nos mostra uma grande relação entre medicina e marketing. Sim, neuromarketing é  o comportamento do consumidor tendo como base o processamento de informação pelo cérebro e pode identificar o impacto emocional do produto.

E claro, para nós da area de marketing é mais uma obrigação para deixarmos a nossa atenção centrado no ser humano.

Mas como identificamos e aplicamos na prática? 

Um grande exemplo é como no design é como fatores de eficácia das criações de embalagens, o uso das cores, a performance do anúncio e até mesmo o ambiente da loja ou no "visual" de um site de e-commerce podem influenciar diretamente o modo como o consumidor realiza sua tomada de decisão.

Nosso cérebro é uma máquina incrível de sentidos de percepção, vale estarmos atentos para explorar ainda mais em ações relevantes e estratégias, que beneficiem o consumidor. 

 

Além do design, listei alguns outros conseguimos aprender no curso de Marketing na era digital:

1. Psicologia das cores:

Os aspectos visuais são os que mais influenciam no comportamento.

  2. Storytelling:

Podemos por meio de narra que não necessariamente envolvem o produto, a marca consegue ativar o lado emocional do espectador.

3. Posicionamento dos elementos de uma imagem:
O instinto leva o observador a direcionar sua atenção para lá

4. Gatilhos mentais:
Desperte nele a necessidade de consumo, como um "compre já". Além da ancoragem de preços "2 por 1".

 

E você, já reparou algum gatilho mental na internet? 

Marketing na Era Digital
Luara Venancio
Luara Venancio Seguir

Apaixonada por tendências, inovação e marketing, gosto de explorar novas habilidades profissionais e conectar ainda mais com outras pessoas!

Ler conteúdo completo
Indicados para você