[ editar artigo]

O futuro do inbound marketing

O futuro do inbound marketing

Antes de mais nada, você lembra o que é inbound marketing?

o Inbound Marketing é uma estratégia que tem como objetivo conquistar a atenção das pessoas e fazer com que seus potenciais clientes encontrem e entrem em contato com sua empresa.

Sendo também conhecido como marketing de atração, seus objetivos são elaborar estratégias de captação por meio de conteúdos relevantes. E a partir daí atrair, ajudar e relacionar com o público-alvo.

Etapas do inbound marketing

Para entender melhor o inbound marketing é preciso entender a lógica por trás de suas etapas. E como os resultados aparecem como fruto de um trabalho consistente dentro desse caminho.

Essas etapas também compõem o que chamamos de funil de vendas, que é o caminho que cada lead percorre até se tornar um cliente, que são:

  1. Atrair
  2. Converter
  3. Relacionar
  4. Vender
  5. Analisar

Benefícios

Uma estratégia bem estruturada de inbound marketing pode trazer vários benefícios para as empresas. Veja alguns exemplos:

  1. Alcance do público ideal ;
  2. Metrificar resultados de forma assertiva ;
  3. Possibilidade de acelerar vendas;
  4. Relacionamento com cliente;
  5. Fidelização do cliente ;
  6. Diminuição dos custos.

Cenário atual e o que vem possibilitando suas mudanças

Tendo relembrado o conceito, processos e benefícios do inbound marketing fica claro sua importância para o marketing atual. Como também entende-se o motivo dessa metodologia vir ganhando tanto destaque entre as grandes empresas mundiais.

Com a internet, tecnologias, smartphones e todos os demais impactos da transformação digital no mundo, a produção de conteúdo e ações menos invasivas das marcas se tornaram ainda mais assertivas. Na verdade, mais do que isso, esse tipo de abordagem vem sendo mais necessitado e priorizado. O público pede por isso e o inbound ouve e entrega. O inbound não se trata de estratégia de momento, é uma previsão e preparação para o futuro.

Algumas mudanças que já estão acontecendo

1. automação e personalização

Em terra da tecnologia e transformação, a automação e a personalização andam de mãos dadas. É a era dos softwares desbloqueando o potencial humano e possibilitando experiência cada vez mais interativas e diferentes:

O fim dos formulários como conhecemos:

Gerar leads continua sendo essencial. Mas quem disse que precisa sempre ser do mesmo jeito? Muitas empresas estão deixando os formulários de lado e apostando em chats para captação de leads. Essa é uma maneira mais interativa e rápida de captar e qualificar o lead.

E a experiência do cliente é potencializada quando se consegue fazer isso de forma automática e humanizada.

Criatividade e interação:

A tendência é inovar, e para inovar é preciso ter criatividade e propor interação entre marcas e os consumidores nos seus principais pontos de contato.

é importante já entender como a comunicação (e os conteúdos) das empresas já estão sendo elaborados de forma dinâmica e criativa. Para isso elas estão utilizando de tecnologias e outras ferramentas para se diferenciar ao engajar e educar seus públicos.

Busque soluções criativas em novos formatos, novos canais… as novas ideias vão logo surgindo.

Hiper-segmentações:

As segmentações estão cada vez mais certeiras nas campanhas de inbound. Agências e empresas já estão utilizando plataformas e ferramentas que utilizam dados dos consumidores para garantir que as mensagens das marcas atinjam as pessoas certas na hora certa. Tendo como base localização, histórico de busca, comportamento online, e principalmente os dados deixados pelos visitantes nos sites.

A tendência é que cada vez mais profissionais e agências de bem marketing digital utilizem de técnicas avançadas de segmentação para realizar suas campanhas.

2. conteúdo

O coração do marketing digiral e do inbound marketing é e continua sendo o conteúdo. A diferença é que agora os conteúdos estão em novos formatos e novas estratégias para atingir, ajudar e se relacionar com o público.

Para isso entra em cena novos estudos, utilização de psicologia, storytelling e novas estratégias para contar melhores história e se conectar com o consumidor.

Dentro da produção de conteúdo, veja o que já está sendo trabalho pelas principais marcas:

Copywriting e gatilhos mentais:

Basta pensar: em um mundo de fácil acesso a qualquer tipo de informação e conteúdo é preciso muito esforço para realmente captar e reter a atenção das pessoas.

E é aí que entra o copywriting e os gatilhos mentais, utilizando muita técnica de escritas persuasiva para escrever bons textos, convencer, entreter, dosar os melhores argumentos, reter a atenção, ganhar credibilidade e convencer o público a tomar determinada atitude.

Ir além dos blogs (conteúdos interativos, vídeos e novos formatos)

Quando se fala de conteúdo dentro do inbound marketing logo se pensa nos blogs corporativos, mas isso já está mudando. As empresas estão percebendo que é preciso ir muito além desse tipo de produção de conteúdo e estudar maneiras mais interativas e criativas de atingir e ajudar seu público.

Fica claro o potencial da produção de conteúdo em vídeos e como isso pode interferir nas estratégias.

O futuro do inbound com toda certeza envolve vídeos e o custo de produção deles vem ficando cada vez mais acessível.

Além disso podcast e conteúdo fora do formato tradicional de sites e textos abrem espaço para maior interatividade e engajamento com as personas. E engajar e se relacionar com o público de maneira diferenciada e marcante é tão importante quanto atraí-lo e convertê-lo.

Gestão de comunidades e conteúdos produzidos pelos consumidores

Se o principal propósito do inbound é ajudar e com isso atrair novos clientes, a criação de comunidades não só é uma ótima ideia como é necessária e faz todo sentido. E redes sociais como Facebook e LinkedIn favorecem a construção dessas comunidades, servindo de fórum e grupos de apoio para troca de experiência, por exemplo.

Essa pode não ser uma estratégia nova, mas corresponde a um campo não tão explorado assim.

Outra tendência é a de conteúdo gerado por usuários, uma estratégia que fortalece a antiga premissa do marketing boca-a-boca e a transfere para o digital.

Conteúdos gerados por usuários como testemunhos de marca tendem a incentivar muito mais os possíveis clientes a fecharem negócio. As pessoas se sentem mais seguras em consumir o que é indicado por uma pessoa “comum” e aponta tendências para otimizar seus resultados.

Inteligencia Artificial

As soluções da inteligência artificial já marcam presença nos processos de marketing das grandes e até mesmo pequenas empresas.

Do chatbot à realidade virtual essas soluções potencializam atendimento e relacionamento das marcas com seus clientes, intensificando a experiência. Além disso, elas podem ser determinantes para encontrar oportunidades de otimização e auxiliar na tomada de decisão dentro dos processos de inbound.

Esse tipo de tecnologia já vem sendo utilizada para maximizar o ROI de marketing, ao otimizar campanhas pagas usando algoritmos inteligentes para analisar o desempenho de campanhas em comparação com previsões do comportamento dos usuários.

Experiência do consumidor

Pensar na experiência do cliente é pensar em todos e qualquer contato que o cliente tem com sua marca, seja online ou offline. E assim sendo, garantir que essas interações serão positivas e satisfatórias para o seu cliente, com ele sendo o centro de todo trabalho.

Dentro do inbound a experiência do cliente ganha um maior peso. Por se só a metodologia inbound é baseado nas necessidades dos seus potenciais clientes e, por isso, o customer experience faz total sentido. Até mesmo por entender que ela é um dos principais pilares da transformação digital.

Com a experiência se tornando crucial, a tecnologia apoia o inbound em soluções para potencializar as interações e facilitar a vida dos usuários. E inúmeras possibilidades e ideias surgem para as ações estratégias das marcas.

3. relacionamento

Lembra das etapas do inbound marketing? pois então, ela também está mudando. Dentro do relacionamento com o cliente proposto pelo inbound muita coisa está sendo discutida. E vem surgindo novas tendências que elevam sua discussão.

Conclusão

É fácil perceber que o inbound marketing vem unindo o que há de mais inovador e avançado do marketing com as principais mudanças no mundo. Principalmente no que diz respeito aos hábitos de consumo de uma sociedade cada vez mais digital.

O caráter flexível dessa metodologia permite absorver as principais tendências para melhor ajudar e atrair clientes. Além de fortalecer a autoridade da sua marca. Então, nada nunca é definitivo e para sempre. E o marketing e vendas da sua empresa também não pode ser.

Para crescer e vender mais é preciso criar diferenciação, engajamento, autoridade e claro, educar seu público. E criar um mindset de inovação permite que sua marca nunca caia no ostracismo.

Quer inovar e transformar o marketing da sua empresa? Venha para o inbound marketing!

Marketing na Era Digital
Ana Carolina Del Vigna Missé
Ana Carolina Del Vigna Missé Seguir

Formada em Design Digital pela Universidade Anhembi Morumbi.

Ler conteúdo completo
Indicados para você