[ editar artigo]

O MUNDO É VUCA, e daí?

O MUNDO É VUCA, e daí?

E daí que saber o que isso significa tem muita importância e nos ajuda a entender e planejar nossas ações e estratégias. O mundo VUCA é:

VOLÁTIL (Volatility) porque é praticamente impossível traçar um plano e ser fiel a ele sem fazer nenhuma alteração durante 100% do processo porque nele os cenários mudam muito rapidamente;

INCERTO (Uncertainty) porque devido a essas mudanças que acontecem cada vez mais rápidas não conseguimos projetar um cenário futuro com clareza e, nesse contexto, a tecnologia se torna uma aliada para projetarmos uma visão mais realista de futuro na tentativa de entender para onde estamos caminhando;

COMPLEXO (Complexity) porque precisamos estar atentos aos sinais de mudanças que ele nos dá. Os sinais de novas tendências e acontecimentos para os quais estamos sempre caminhando e, com isso, nos mostrando que cada vez mais precisamos nos conectar com outras pessoas e parceiros para evoluir e ter sucesso nas ações planejadas.  

AMBÍGUO (Ambiguity) porque os acontecimentos passam a impactar as pessoas de maneiras diferentes. O que é visto como uma oportunidade por uma pessoa pode ser uma ameaça para outra. Então é preciso analisar o cenário, entender como ele nos impacta e qual o objetivo para, depois, tomar atitudes baseadas nessa análise com foco em alcançar o objetivo traçado.


Entendendo o que é o mundo VUCA, vamos aplicá-lo ao marketing médico e o cenário atual.

Dentro do cenário atual, onde a evolução do digital é um caminho sem volta, tivemos uma pandemia que trouxe uma mudança instantânea de comportamento e fez com que ficássemos em casa na insegurança de não saber quais seriam os próximos passos.

Com o passar dos dias, percebemos que, mesmo confinados, as necessidades da vida cotidiana continuavam, independentemente do cenário. Os doentes continuavam precisando fazer seus acompanhamentos, as emergências continuavam chegando aos hospitais, as pessoas precisavam continuar trabalhando e, tudo isso, com novas limitações: a da PROXIMIDADE e do CONTATO.

Então, como entender o novo cenário e agir de maneira rápida e eficiente diante desse cenário VOLÁTIL, INCERTO, COMPLEXO, AMBÍGUO?

Os profissionais médicos se viram na obrigação de cumprir com seu dever se colocando em uma “linha de frente” ao combate à pandemia e cuidado humanitário, mas ao mesmo tempo colocando suas vidas em risco e mudando completamente as rotinas de vida e trabalho.

Nesse cenário pandêmico tão incerto, a tecnologia viabilizou a desmaterialização do atendimento, que transformou um atendimento presencial, onde existia a proximidade e o contato, em um atendimento online. As chamadas TELECONSULTAS.

Segundo dados da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge), mesmo esbarrando em impasses regulatórios e algumas divergências na comunidade médica como sua utilização na primeira consulta, atendimento a pacientes de estados em que o registro do médico não é válido e até mesmo a definição do preço desse tipo serviço, foram realizados 5,1 milhões de teleatendimentos entre abril de 2020 e novembro de 2021.

Viu como mesmo sem saber que vivemos em um mundo VUCA ele nos impacta de uma maneira que não podemos nos desvencilhar? Após essa descoberta que seja mais fácil observar os sinais de mudança que nos rodeiam, que possamos utilizar as tecnologias para que possamos nos adiantar e entender quais serão as novas tendências e que possamos analisar toda essa informação afim de sermos assertivos nos caminhos rumo aos objetivos traçados. 

Marketing na Era Digital
HELTON MARTINS DE OLIVEIRA
HELTON MARTINS DE OLIVEIRA Seguir

Diretor de Arte com formação em Publicidade e Propaganda, certificação em Marketing Médico, Planejamento Estratégico e Produção de Conteúdos para Redes Sociais. Fotógrafo por hobby e, também, um ouvinte que se comunica em Libras.

Ler conteúdo completo
Indicados para você