[ editar artigo]

Quando do limão se fez uma doce limonada

Quando do limão se fez uma doce limonada

Recentemente comecei a atender uma padaria artesanal. Uma pequena empresa com um grande potencial de crescimento. Quando digo pequena, é pequena mesmo! São apenas dois funcionários e uma corrida maluca para dar conta de fazer os pães, administrar o negócio, vender, entregar, comprar insumos, buscar novas parcerias.

O produto é excelente. Elogiadíssimo por mestres da panificação, grandes chefs de cozinha e principalmente pelos clientes finais. Quando começamos o trabalho de divulgação, a empresa já estava com 2 anos de funcionamento, e focava principalmente na venda para um renomado café da cidade. E talvez por reflexo da pandemia, esse café inesperadamente fechou as portas. E precisamos mudar nossas estratégias.

O primeiro passo foi rever todas as lições deste capítulo e aplicá-las. Já sabíamos que o produto é bom, bem avaliado e oferece confiança. O preço é justo e está dentro do que é praticado no mercado. Um novo parceiro já estava surgindo, precisávamos focar nesse novo ponto de venda e, mais do que nunca, no consumidor final. Fechada a nova parceria, fomos com tudo para a divulgação. Nossa forma de comunicação também precisava mudar.

Passamos dois dias no novo ponto de venda para divulgar os produtos. É um restaurante bem bacana, frequentado por gente que gosta de se alimentar bem e valoriza produtos específicos como os da panificação artesanal. Por serem mais caros que os pães tradicionais, apenas quem conhece seus sabores e benefícios está disposto a “fazer a troca”. Além de ganhar os pães, os clientes ainda recebiam explicações sobre a fermentação natural e a padaria artesanal. Foi um sucesso. O número de seguidores aumentou consideravelmente, muitos elogiaram os pães em suas redes sociais e aos poucos novos clientes vão surgindo.

Em seguida, partimos para o trabalho de Relações Públicas, e passamos a oferecer cestas de pães para clientes em potencial, que também poderiam atrair novos clientes ao falar bem da padaria em suas redes sociais. A experiência tem sido muito válida, e ganhamos mais de 500 seguidores em poucos dias.

Alguns podem pensar que é pouco, mas nós estamos comemorando. Para quem raramente postava algo em suas redes sociais, não fazia nenhum trabalho de marketing ou divulgação, alcançar um crescimento assim em pouco tempo, é motivador. Também passamos a ressaltar as qualidades e benefícios dos pães, e a manter um diálogo com quem nos segue nas redes sociais. Todas as mensagens que recebemos e comentários nas postagens, são respondidos de forma individual. Queremos que cada um se sinta único. Assim como os pães produzidos na padaria.

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você