[ editar artigo]

Como a transmídia influencia no consumo?

Como a transmídia influencia no consumo?

Um belo dia o consumidor disse às marcas: Ei! Eu consumo seu produto, eu sou o protagonista dessa história, eu quero e vou participar do processo de criação e produção dos produtos que são ofertados pra mim! Eu dito as regras. Chega de impor o que eu devo assistir, vestir, comer, para onde devo viajar. Eu escolho, eu decido. 

A tecnologia, a globalização e a internet deram voz ao consumidor que mudou seu comportamento, forçando o mercado a se transformar, a ser mais criativo e mais interessante. Em 1991, no livro “Playing with Power in Movies, Television, and Video Games”, de autoria de Marsha Kinder, surgiu um termo que deu sentido a esse processo de transformação do mercado: Transmídia.

Passamos a ver histórias em quadrinhos saírem das revistas para o cinema, o teatro alcançando maiores públicos utilizando as plataformas digitais como ferramentas de divulgação, festivais em várias regiões do Brasil passaram a integrar música e gastronomia; e nesses eventos a experiência do público é atração principal.

É comum encontrar QR Codes espalhados por toda parte levando o público a navegar por várias plataformas relacionadas ao tema do evento; museus passaram a ser interativos, o visitante consegue emergir na obra e ter experiências antes nunca imaginadas. Hoje é possível visitar vários museus sem sair de casa pelo tablet, iphone ou laptop. A música continua presente no rádio, mas também nas plataformas de streaming — e para todos os gostos. E claro, há quem não  abandone a boa e velha vitrola e os discos de vinil super valorizados pelos amantes do estilo retrô. 

Se fossemos enumerar todos os segmentos que transformaram a maneira de comunicar com o consumidor, usando transmídia, a lista seria interminável. Porém, vale destacar que a tecnologia trouxe experiências no ambiente digital, não para extinguir o que se vive e cria no ambiente físico, mas sim para integrar.

O que vale é proporcionar a interação entre consumidor, produtos e serviços de todas as maneiras possíveis. Tudo para conseguir o tão almejado carinho e o apego dos que hoje são conhecidos como fãs ou advogados da marca.

Marketing na Era Digital
Flávia Dutra de Assis
Flávia Dutra de Assis Seguir

Especialista em Marketing Digital - Negócios e Estratégias (PUC - MG), Tecnóloga em Processos Gerenciais (Centro Universitário Newton Paiva - MG), Estrategista em marketing no ambiente digital para micro negócios, vendas e finanças.

Ler conteúdo completo
Indicados para você