[ editar artigo]

Estratégia diversificada e resultados digitais

Estratégia diversificada e resultados digitais

Equilibrar uma estratégia digital entre o trajeto orgânico e anúncios pagos, potencializa o alcance de objetivos. Em uma jornada de consumo não linear e funil de vendas multicanal e com inúmeros opções de pontos de contato com a marca, diversificar é sempre a melhor opção. 

O potencial de retorno de uma boa estratégia digital, conectada e atualizada com os dia a dia do negócio, é maior do que qualquer mídia offline utilizada de forma isolada. Mesmo a indicação boca a boca, base que fortalece negócios muito antes da disseminação do digital - atinge outros patamares com a prova social e aplicativos de mensagens. Quem hoje indica sem compartilhar um link sequer?

A mídia paga online possibilita uma segmentação avançada e detalhada do público-alvo, uma vantagem que as mídias tradicionais não proporcionam.

Salvo raras exceções, os dispositivos móveis são hoje uma extensão do corpo das pessoas. Com a capacidade antes dada apenas aos computadores, carregamos conosco o acesso a milhares de informações em tempo real e uma ferramenta capaz de dar suporte no trabalho e estudos, entreter e executar tarefas rotineiras.

Quando esquecemos nossos celulares em casa, fica sempre aquela sensação de que falta algo. Em contrapartida, você pode esquecer sua bolsa, carteira e documentos e tê-los condensados em um mesmo lugar - na palma da sua mão. 

E nessa variedade de utilizações fica lá, de uma forma ou de outra, mesmo nos perfis low profile, uma série de informações pessoais, de consumo, hábitos e desejos. Hoje é mais prático encontrar o que procuramos, ao mesmo tempo em que toda essa facilidade pode sugar nossa capacidade de realizar coisas enquanto nos vemos em um eterno scroll online. 

Nesse cenário, as marcas têm um imenso potencial de conhecer seus públicos, nutrir um relacionamento com eles e escalar seus negócios. Se por um lado nossos caminhos ficam trackeados em diferentes lugares, por outro, a personalização fica cada vez mais acessível. 

Entendido que para alcançar os melhores resultados é preciso investir (tempo/dinheiro), vale diversificar esse investimento. E nesse processo, incluir a rede de Displays como parte dos esforços em mídia paga, com anúncios gráficos (imagens, animações clicáveis – em geral) é uma ótima forma de ampliar a segmentação de mídia com seu público e executar ações de remarketing. 

As campanhas de display alcançam pessoas no mundo todo em 35 milhões de sites e apps, e em propriedades do Google (YouTube e Gmail). Assim, é possível expandir seu alcance além da Pesquisa Google.

Com o uso de machine learning na segmentação de público, lances de compra e formatos a campanha, a rede de displays pode gerar ótimos resultados. A Rede de Display Google é tida como uma ampla rede de conteúdo e alcança 95% de internautas do mundo. 

Mas como então definir o melhor caminho para cada negócio?
Partir de um Plano de Marketing e Branding estruturados garante o desenrolar de uma boa estratégia, tendo em mente que a diversificação e o testes constantes de desempenho são trabalhos contínuos.

Internet é tentativa e erro, mas quanto mais planejada for essa tentativa, maiores as chances de adaptação e resultados. 

Imagem via n2midia

Marketing na Era Digital
Amanda Pereira
Amanda Pereira Seguir

Jornalista pós-graduada em Planejamento Estratégico em Comunicação e Trabalho com foco em Estratégia de Comunicação e Marketing Digital. Mãe, empreendedora, experiência com desenvolvimento de estratégia, gestão de equipe e cultura digital.

Ler conteúdo completo
Indicados para você