[ editar artigo]

Mais prazer, por favor!

Mais prazer, por favor!

Sim, o meu cérebro é desses que busca o prazer, foge da dor, se irrita demais com propagandas excessivas e abordagens repetitivas e cansativas. Com tantas decisões a serem tomadas todos os dias, tantas informações recebidas, o que quero mesmo é sentir-me respeitada e feliz com o que encontro ao rolar a tela do celular.

Eu pensava que essa era uma inquietação muito minha, por características minhas e opiniões que sempre tive relacionadas às redes sociais. Ao mesmo tempo em que esse módulo me trouxe alívio (não estou sozinha!!), encheu-me também de inquietações. Fiquei feliz porque muito do que foi falado, eu já vinha aplicando, justamente por não querer oferecer o que vem sendo despejado de qualquer jeito todos os dias.

O nosso cérebro é mesmo fascinante e apaixonante, e se é possível conhecê-lo melhor, para ter mais assertividade lá na frente, bora lá! E o que a Martha e Eliane ensinaram, me deu munição extra para defender pontos e estratégias que defendo fortemente com meus clientes. Ontem, ao gravar vídeos com um cliente, já apliquei várias dicas passadas pelas professoras. Pedi a ele que desse o melhor sorriso, oferecesse o tangível, emanasse aquela energia boa, e mostrasse, com simplicidade e efetividade, a solução para a dor do cliente.

Acredito nesse caminho, o caminho que quero seguir. Com mais prazer, menos dor, mais simplicidade e sorrisos.

 

 

 

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você