[ editar artigo]

Marketing não é uma questão de escolha

Marketing não é uma questão de escolha

Mas você pode escolher gerenciá-lo de forma estratégica ou contar com a sorte.

Antes de trocar uma ideia com vocês, acho pertinente uma breve apresentação, certo? :)

Me chamo Gabriela Barros, publicitária de formação, com MBA em marketing e mestrado em gestão empresarial. Tenho 30 anos, sou de Recife e apaixonada pela Disney. Sou empreendedora na área de educação de línguas, sócia do VI Idiomas, um curso de inglês 100% customizado com 15 anos de mercado e agora 100% online com plataforma exclusiva (pareceu um merchan mas foi pra contextualizar mesmo, hehe). E sou empreendedora na área de gestão de marketing, trabalho com assessoria e consultoria para pequenos empreendedores. Prazer imenso =) 

Já vimos aqui vários conceitos dentro do marketing, brilhantemente abordados pela Martha e pelo Rafael, e acredito que mesmo quem esteja tendo o primeiro contato com o assunto já conseguiu visualizar que marketing vai muito mais além e é muito mais complexo do que "redes sociais", certo? 

Uma maneira de transcrever esses conceitos aos meus clientes, que em maioria são pequenos empreendedores com pouco ou nenhum conhecimento sobre o assunto, é dizendo a eles que marketing não é uma questão de escolha. Você não escolhe "fazer marketing", ele está lá no seu negócio mesmo que você não o gerencie. Já disse o Kotler "Marketing é tudo e tudo é marketing". Marketing é a essência de qualquer negócio. Sem marketing não tem negócio.

A diferença está em gerenciá-lo ou não. Por exemplo, de forma bem prática, você pode contratar uma recepcionista para o seu consultório e apenas colocá-la para atender os seus clientes. Ou pode treiná-la, criar um padrão de atendimento, extrair informações dos clientes através dela, implementar um CRM para otimizar o trabalho dela com os clientes, criar um fardamento para trabalhar a sua marca por meio dela e etc. A recepcionista é um ponto de contato do seu cliente com a sua marca, que pode gerar uma experiência muito negativa ou muito positiva para o seu cliente. Vale ressaltar: a recepcionista, conforme o exemplo, é apenas UM ponto de contato. Dentro do seu negócio existem muitos outros. O Instagram é apenas UM ponto de contato. O ambiente é apenas UM ponto de contato. O seu site é apenas UM ponto de contato. A embalagem é apenas UM ponto de contato.

O trabalho da gestão de marketing é justamente mapear e gerenciar esses pontos de contato do cliente com a marca, gerando valor a ponto do seu produto ou serviço se vender sozinho, como disse o Drucker. 

Marketing não se resume a publicidade ou divulgação, não se resume ao digital e não se resume a redes sociais. Marketing é gestão. E como bem colocaram a Martha e o Rafael, nem existe "marketing digital" existe marketing no digital.

Por isso reforço essa frase que costumo compartilhar, marketing não é uma questão de escolha. O que você pode é escolher gerenciá-lo de forma estratégica para obter melhores resultados ou contar com a sorte

Espero ter contribuído com essa perspectiva, estou à disposição para trocarmos ideias!
Abraços da Gabi! 

 

Para quem quiser conhecer mais:
VI Idiomas - www.instagram.com/virginiaidiomas
Gabriela Barros - www.instagram.com/gabrielabarrosmkt

Marketing na Era Digital
Gabriela Barros
Gabriela Barros Seguir

Publicitária pela UNICAP, Gabriela Barros tem experiência e especialização na área de marketing e comunicação. Possui MBA em Marketing pela FGV e é Mestre em Gestão Empresarial pela UniFBV/Wyden. Professora, empreendedora e consultora.

Ler conteúdo completo
Indicados para você