[ editar artigo]

No meio do caminho, uma pedra: LGPD e suas consequências na jornada e experiência do consumidor

No meio do caminho, uma pedra: LGPD e suas consequências na jornada e experiência do consumidor

Que o novo assusta, não é novidade. A LGPD está aí e aos poucos já começamos a sentir as consequências no dia a dia.


Carlos Affonso traz em seu artigo no UOL, algumas considerações do Nick Clegg, que dizia:  "It takes two to tango" (expressão em inglês que podemos traduzir como "ninguém dança tango sozinho"). A intenção dele era dizer: assim como o tango pede dois participantes, os algoritmos das redes sociais nada poderiam fazer sem um segundo componente fundamental para o resultado que vemos na tela: nós mesmos... - Veja mais em

Ainda sobre as colocações de Clegg:

A tecnologia deve servir à sociedade, não o contrário. Diante de sistemas opacos operados por ricas empresas globais, não é de surpreender que muitos presumam que a falta de transparência existe para servir aos interesses das elites de tecnologia e não dos usuários. A longo prazo, as pessoas só se sentirão confortáveis com esses sistemas algorítmicos se tiverem mais visibilidade de como funcionam e, então, a capacidade de exercer um controle mais informado sobre eles...

Nesse exato momento vivemos algumas atualizações de privacidade da plataforma FB, nesse processo de adaptação Legal, e dois pontos tem me chamado muita atenção:

  1. Apple se posicionando fortemente frente a nova regra de privacidade do FB, permitindo que usuários rejeitem a coleta de seus dados por aplicativos, e pode ter certeza: o prejuízo ao FB será enorme.
  2. Plataformas de integração entre Facebook e CRM, sofrendo com falhas que tem custado muito dinheiro no bolsos de Empresários.


No primeiro ponto, se considerarmos que no ano passado a Apple ultrapassava 1 bilhão de usuários de Iphone, com lançamento do iOS 14.5, um recurso de Rastreamento de Transparência da Apple estará instalado automaticamente nele - com isso, forçará desenvolvedores a pedir explicitamente aos usuários permissão para usar seu IFDA. Imagine quando considerarmos todos os produtos Apple e a consequência das recusar de permissão.

Já nessa última, temos um agravante: plataformas parceiras do FB apresentaram algumas falhas, mas nada se compara as dificuldades das plataformas não parceiras, que são maioria no mercado.

Temos aí dois impactos enormes na jornada do consumidor e um impacto que pode ser fatal na experiencia do usuário, para ilustrar, imagine quantos leads estão se deparando com atraso de atendimento e ainda quantos possíveis leads estarão inalcançáveis via digital? Olhando pelo lado do empreendedor, seja pequeno ou grande, nesse exato momento tem um BIG problema em suas mãos.

Marketing na Era Digital
Desirée Castro
Desirée Castro Seguir

Publicitária, apaixonada pelo universo do marketing, humanos, músicas e series! Sou Brasiliense, atuo no ramo automotivo e venho nos últimos anos me especializando no universo digital aplicado ao ramo automotivo! Vamos crescer juntos Insiders! 😎✌🚘

Ler conteúdo completo
Indicados para você