[ editar artigo]

Qual a Relação da Inteligência Artificial X Emoções Humanas?

Qual a Relação da Inteligência Artificial X Emoções Humanas?

Por que é tão importante entender a respeito da inteligência artificial?

O futuro, a gente cria no presente. Nós, humanos, somos responsáveis HOJE, pela criação da inteligência artificial, que vai nos acompanhar ao longo dos anos e de acordo com a evolução da espécie humana, de agora em diante. É provável que em 40 anos, a AI esteja nivelada ao humano. Ou seja, a humanidade estará misturada entre as máquinas. Cada vez mais, misturados em vários graus, mas existe um caminho a ser percorrido até a IA ser evoluída a uma superinteligência (movimento transhumanista). 

Quando chegarmos neste momento, em que a IA chegar num nível geral e, a partir daí, teremos a superinteligência, é o que é chamado de SINGULARIDADE TECNOLÓGICA. A singularidade na Astronomia, é quando você está chegando perto de um buraco negro e ele começa a atrair a matéria num grau, que todas as leis da física não valem mais. E você não sabe o que acontece. Então, baseado neste conceito da Física, o que seria a Singularidade Tecnológica? Quando chegarmos na inteligência artificial, nível geral, ela tão rapidamente evolui, que nenhuma das regras que temos hoje vale e nós não temos mais noção de como será a humanidade.

São estas incertezas, que trazem tanta insegurança em relação à inteligência artificial, que a humanidade se preocupa.

Na realidade, o que esperamos, é que nem a distopia ou a utopia aconteça, queremos que todos façam parte desta discussão para que um caminho de IA seja pavimentado, que chegue lá na frente, JUNTO com a gente. De forma alinhada, complementar, como: colaboradores e recursos auxiliares em nosso dia a dia.

Ao utilizar tais tecnologias, você começa a ampliar o seu cérebro a ter visão das máquinas. Se estas máquinas vão chegar num grau de inteligência igual ao cérebro humano, a nossa inteligência tem que acompanhar e utilizar isso para que a gente consiga estar na mesma curva.

Em suma, o que temos que ter em mente? Se a tecnologia consegue realizar uma atividade, temos que abraçar aquela atividade automatizada e fazer o que fazemos de melhor, transformando o que fazemos. A letra era cursiva, passou para a máquina de escrever, foi pro computador e não deixamos de contribuir com nossos aspectos humanos.

Você quer fazer parte do jogo, se manter relevante? Então, seja humano. Tudo está relacionado ao que falamos de experiência, cérebro, propósito, valor. É aí que ganhamos o jogo. Tudo que for automatizado, a máquina faz. O que é o diferencial? O que a máquina não faz. Com o que o humano se encanta? Com o que é de humano: emoção, empatia e ética.

Futuro do Marketing

Qual é a função do ser humano? Estratégia e Criatividade.

Por isso, esta jornada é extremamente importante. Falamos de estratégias. Cada segmentação terá sua implementação. E como marketeira, sou estrategista em analisar quando uma tecnologia ou recurso está obsoleto, em relação a outro. Na vida também! Utilizando isso, com criatividade em cima da máquina, para utilizar o que ela tem de melhor.

A tecnologia deve ser abraçada como um aliado do ser humano. Por isso, é tão importante manter uma atualização constante. Desta forma, nem a tecnologia, nem o indivíduo, se tornam obsoletos. Garantindo sucesso, alinhando expectativas em busca de resultados qualitativos.

Marketing na Era Digital
Patrícia Rônel - PR.RP
Patrícia Rônel - PR.RP Seguir

Relações Públicas. "Humanizo relacionamentos, ações de comunicação e marketing estratégico, orientado a dados - entre marcas, pessoas e cenários (outbound/inbound) - com o auxílio da tecnologia, cultura de inovação e transformação digital".

Ler conteúdo completo
Indicados para você