[ editar artigo]

Social plus: a tendência que você precisa conhecer e colocar em prática já!

Social plus: a tendência que você precisa conhecer e colocar em prática já!

O aspecto social está cada vez mais presente em diversos momentos de nossas vidas, principalmente dentro da internet. Conhecido como social plus, esse fenômeno é parte importante de alguns dos principais sucessos recentes como TikTok, Free Fire e Fortnite e existem algumas lições importantes que podemos aprender com eles.

LEIA MAIS -  Por que construir uma comunidade online?

Como fica claro com o sucesso de muitas plataformas, as interações sociais são cada vez mais frequentes e integradas aos serviços e produtos que consumimos no dia a dia. Companhias que não trabalham com redes sociais já perceberam a força desse movimento e quem deseja crescer no meio digital precisa ficar ligado nisso desde já.

O que é o social plus?

Imagine um jogo de videogame. Uma experiência que muitas vezes era solitária ou no máximo com algum amigo ao lado se tornou sociável e compartilhável. Social plus é quando uma companhia pega uma categoria de produto ou serviço e inclui uma experiência social ao redor dele.

Isso não apenas gera um tratamento diferenciado com a comunidade envolvida, como também impacta a experiência do usuário. 

Contudo, a transição do individual para o coletivo ainda não aconteceu em todas as categorias de produto. Assim como vimos na era do analógico para o digital, isso leva um certo tempo para acontecer e pode variar de acordo com cada empresa, segmento, etc.

Vantagens do social plus

Uma das principais razões para a ascensão do social plus é a enorme quantidade de vantagens obtidas pelas empresas – muitas delas desejadas por quem trabalha com marketing digital e afins.

São elas:

  • Melhores ciclos de crescimento

  • Taxa de engajamento mais alta

  • Maior retenção do público

  • Maior defensibilidade

A integração do social plus com um produto é uma das melhores formas de ficar por dentro das principais tendências e práticas de marketing digital da atualidade. Para que isso ocorra, é preciso que a empresa tenha o componente social como parte fundamental, não apenas no produto.

Para fazer o social plus, é preciso ser social de verdade.

Como ser social plus?

Se você tem uma empresa ou é responsável pelo marketing de uma companhia, já deve ter pensado ao longo do texto em como implantar o social plus em seu produto ou serviço. A boa notícia é que é possível fazer isso, começando com algumas dicas importantes.

Tenha sua própria comunidade envolvida

Um erro muito comum por parte das empresas é não cuidar do público da maneira certa, deixando para cultivar um relacionamento exclusivamente pelas redes sociais.

Lembre-se esse ambiente e os dados não pertencem à você, mas sim aos donos das plataformas. Isso significa que lançar um produto usando-as como base pode ser um risco enorme, visto que elas podem pegar sua ideia e transferir para outra companhia.

LEIA MAISSocial Learning: como os millennials estão mudando a educação online

A melhor maneira de evitar isso é criar o seu próprio espaço na internet para que você possa interagir com o seu público da maneira que bem preferir e com total controle das informações e ações. Pensando nisso, muitas empresas têm optado pelas comunidades online e já estão tendo ótimos resultados.

Social desde sempre

Para que um produto ou serviço social plus tenha sucesso é necessário que ele já seja desenvolvido com esse propósito desde o princípio. Construir um projeto como uma experiência individual e depois tentar transformá-lo em coletiva dificilmente irá gerar bons resultados mesmo que ele seja interessante.

Seu consumidor precisa sentir a experiência social plus em diversos momentos, não apenas como um extra ou algo que parece deslocado do resto. Quando estiver desenvolvendo, procure sempre pensar como o social está presente e se faz sentido dentro da proposta do seu produto ou serviço.

Conheça bem seu público e sua comunidade

Público e comunidade podem ser parecidos, mas são bem diferentes entre si. O público é aquele que compra ou pode comprar de você, mas que não tem um envolvimento maior do que isso. Ele não comenta na internet sobre a sua marca, não interage ou sequer faz muita questão de manter algum tipo de contato.

Já a sua comunidade é bem mais participativa e é pensando nela que um produto social plus pode fazer muito sucesso. Essas pessoas costumam seguir nas redes sociais, comentar e produzir conteúdo sobre a sua empresa e produto e desejam estar ligadas em todas as novidades. Ou seja, são muito mais engajados e adoram o aspecto social.

Companhias também podem ser social plus

É importante deixarmos claro uma coisa quando falamos de companhias social plus: não é apenas marketing, é algo que permeia toda a empresa.

LEIA MAISPor que os blogs não são comunidades online?

Dito isto, podemos afirmar que uma empresa que deseja funcionar dessa maneira precisa ter uma cultura bem clara e que privilegie o social. Isso passa pelo modelo de negócios, estratégia de mercado, planejamento de produtos e até mesmo o segmento em que ela está inserida.

O futuro é social plus

TikTok, Fall Guys e Overtime são exemplos recentes – e de muito sucesso – de que o social plus veio para ficar e se estabelecer como uma das principais tendências para os próximos anos.

Ser sociável é uma necessidade da nossa sociedade desde praticamente sempre, pois isso faz parte dos seres humanos. Ter um produto assim não é moda, é oferecer algo que sua comunidade deseja e que vai gerar mais engajamento do que nunca.

Se você já teve alguma experiência com um produto ou serviço social plus, deixe a sua opinião nos comentários e conte como é a sua vivência com ele!

Marketing na Era Digital
Luciano Kalil
Luciano Kalil Seguir

Sócio & CPO @ Squid | Entusiasta de comunidades digitais | Autor do livro Community Hacking

Ler conteúdo completo
Indicados para você