[ editar artigo]

Empatia alinhada ao planejamento

Empatia alinhada ao planejamento

O assunto de 2020 é a pandemia. Fator externo que ninguém estava preparado para reagir. Não somente as empresas, mas as pessoas também. E quando falamos de planejamento de marketing, podemos sentir que os prazos e planos tiveram uma mudança drástica.

Antes o planejamento de marketing e de comunicação era pensando em prazos com mais duração, com a chegada deste momento, sentimos a necessidade de transformar os planejamentos em estratégias mais ágeis. O que se planejava para o mês, mudou para a semana. E com tudo isso, precisamos ter mais resiliência aos fatores externos que chegaram para quebrar prazos e principalmente, acelerar decisões. O que antes era um evento planejado para receber um público, ter uma locação, um buffet, e outros detalhes. Agora, é apenas um bate papo por uma vídeo conferência, tentando atingir o máximo de pessoas do seu público alvo.

Dentro do segmento de decoração, onde atuo, o tradicional é a experiência da pessoa estar junto ao mobiliário, por exemplo, o que acaba virando uma chave de comportamento. Antes era normal para o consumidor sair de casa, visitar lojas, procurar o melhor mobiliário para sua casa, agora é tudo mais limitado.

Junto com tudo isso, as pessoas estão olhando para “dentro da sua casa” de forma diferenciada. Procurando tornar seu ambiente mais acolhedor, transformar a casa em lar, já que a pandemia nos incentivou a sair menos. Mas, como comprar um mobiliário se não pode sair de casa? É nesta hora que entra o planejamento alinhado com o momento atual, procurar transmitir ao público esta experiência.

A pandemia chegou para incentivar as marcas que antes estavam acostumadas ao tradicional, a se movimentar para conseguir que o consumidor “chegue nos lugares sem sair de casa”. Muitas soluções surgiram para este momento, uma tendência é a produção vídeos caseiros com a própria equipe interna, se relacionando de forma simples com a pessoa. Assim, a marca mostra de forma simples e objetiva a pessoa que está por trás daquele contato comercial, o que transmite um sentimento de acolhimento e empatia.

Marketing na Era Digital
Rebecca Boaventura
Rebecca Boaventura Seguir

Comunicadora, publicitária, movida por desafios e apaixonada pela organização de eventos. Entusiasta de decoração, design, moda e foto. Atualmente coordeno o ambiente de Marketing de uma empresa de móveis de design e sustentáveis para áreas de lazer.

Ler conteúdo completo
Indicados para você