[ editar artigo]

Quais tipos de comunidade online posso criar?

Quais tipos de comunidade online posso criar?

Algumas pessoas acreditam que as comunidades online são uma coisa só, que todas são iguais e têm objetivos semelhantes. Mas a verdade é que existem vários tipos de comunidade — o que podem fazer com que uma seja completamente distinta da outra.

LEIA MAIS - Tudo sobre comunidades online

Entender isso é essencial para quem deseja criar uma comunidade ou até mesmo para quem já possui uma, mas ainda ainda não sabe como fazer para ela deslanchar. Cada tipo de comunidade possui necessidades únicas e requer uma estratégia voltada para ela e os membros presentes ali.

Negócios ou pessoas

Basicamente esta é a primeira grande divisão quando falamos de tipos de comunidade. Existem aquelas que são ligadas a negócios e as que são ligadas às pessoas. Entenda mais sobre cada uma delas:

  • Negócios → São aquelas que possuem vínculo com alguma marca, produto, serviço, etc. Elas não devem falar sobre a empresa em si, mas sim sobre os assuntos relacionados a ela e o seu universo.

  • Pessoas → Criadas em torno de um interesse ou causa em comum que conecte os participantes.

Dentro dessas duas categorias podem existir diversas classificações, como poderemos ver na sequência. Uma comunidade ser ligada a negócios ou pessoas não define o seu tipo. Isso diz mais respeito a questões como monetização e utilização de dados dos usuários.

Tipos de comunidade existentes

Alguns especialistas já trataram desse tema e conceituaram quais são os tipos de comunidades digitais. Segundo a Feverbee, uma das maiores instituições no assunto, podemos separar nas seguintes categorias:

Outra grande especialista na área é a CMX. Ela também possui uma classificação que divide as comunidades online em cinco tipos. Confira a seguir quais são eles:

Compreender a classificação mais adequada à sua comunidade ajudará a definir claramente a sua estratégia, para saber onde você quer chegar e qual o caminho será traçado até lá.

LEIA MAISPor que construir uma comunidade?

Seu foco primário será na produção de conhecimento visando as trocas entre os participantes ou será a captação de novos participantes? Lembre-se que se decidir por ambos os tipos, será fundamental alocar recursos em proporção justa para a ênfase que deseja dar em cada foco.

Exemplos de tipos de comunidade

Só falar talvez não mostre tão claramente como esses tipos de comunidade online funcionam na prática. Pensando nisso, eu separei alguns cases que ilustram como é possível ter ambientes dos mais variados jeitos.

Educadores da Beleza

Voltada para cabeleireiros, é considerada uma comunidade de prática, formada por pessoas que exercem a mesma profissão e que compartilham conhecimentos profissionais.

No entanto, também se inclui na categoria comunidade de conteúdo, na medida em que tem um esforço contínuo dos seus participantes em trazer informações de qualidade. A característica de ser uma comunidade de prática a fez crescer exponencialmente, dando assistência e formação a pessoas que trabalham, muitas vezes, isoladas e que tem que tomar suas decisões sozinhas. Com o tempo, no entanto, a comunidade se transformou em um verdadeiro ambiente de aquisição, onde um cabeleireiro traz o outro e assim por diante.

Academia Médica

Será que a faculdade de medicina explica tudo que um profissional da área precisa saber? Aquilo que as salas de aula da universidade não contara está na Academia Médica. Ela é uma comunidade de prática e conteúdo, com enriquecimento constante de temas e discussões do universo médico e da saúde.

Ao mesmo tempo, é uma comunidade que tem como objetivo enriquecer a prática do papel do médico na sociedade.

Mundo Adaptado

A comunidade Mundo Adaptado é uma comunidade de circunstância e conteúdo. Ela agrupa mães em uma causa — a das crianças com deficiência e prematuros. Seu objetivo é criar conteúdo através de informação, notícia, estudos e outras publicações que permitam a busca por uma maior qualidade de vida e o acolhimento às pessoas que nascem ou que são afetadas por necessidades especiais ao longo da vida.

Comunidade Sebrae

Ela é uma comunidade de interesse e conteúdo. Ela tem como objetivo promover a capacitação dos micro e pequenos empreendedores por meio do conhecimento. Lá são discutidas tendências, dicas de gestão de negócios e até mesmo são disponibilizados cursos online para os membros.

Uma característica interessante aqui são os grupos presentes dentro da comunidade. Cada um deles fala sobre um assunto específico do mundo dos negócios e ajuda o empreendedor de um determinado segmento a resolver questões específicas da empresa.

LEIA MAISCom quantas pessoas devo começar uma comunidade online?


Como pudemos ver nesses exemplos, existem vários tipos de comunidade e é possível criar uma sobre qualquer assunto e com os mais variados objetivos. Uma das coisas mais incríveis neste universo é que uma única pessoa pode começar com uma ideia ou uma grande empresa pode reunir o seu públic: há espaço para todos.

Este conteúdo faz parte do livro Community Hacking que eu escrevi com a Marilvia Oliveira. Nele, falamos tudo sobre as comunidades online e como esta tendência está crescendo e se consolidando como uma das principais no meio digital.

Para conferir mais sobre é só acessar aqui.

Marketing na Era Digital
Luciano Kalil
Luciano Kalil Seguir

CEO - Duopana - Plataforma para você criar comunidades e ambientes colaborativos de produção de conteúdo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você