[ editar artigo]

Spam nunca mais!

Spam nunca mais!

Quem não está cansado de receber e-mails de empresas onde fez uma compra, há 10 anos, e até hoje recebe propagandas e promoções de itens que nunca mais teve interesse em comprar?

Mas quem aí também nunca recebeu uma promoção maravilhosa por e-mail ou uma newsletter com conteúdos relevantes para a empresa e para o cliente, que estreita ainda mais a relação entre os dois?

Fica claro então o porquê de os dois conteúdos não poderem ser considerados e-mail marketing: enquanto que a primeira interação entrega um conteúdo sem importância para o cliente (e muitas vezes sem a prévia autorização), sendo classificado como spam, o outro entrega um conteúdo relevante e precisou da autorização do consumidor para a inclusão na lista, podendo então ser classificado como e-mail marketing.

O e-mail marketing, usado corretamente, tem um dos melhores custo-benefício comparado com as demais mídias, permite um envio rápido aos clientes e agiliza os processos de segmentação e foco no perfil correto de cliente.

Sempre com foco nas etapas da Jornada do Cliente, é possível criar ações efetivas de Marketing através do e-mail em diversas etapas da Jornada, e estreitar ainda mais o relacionamento com os clientes oferecendo conteúdo de qualidade que pode ser facilmente acessado, que permite que o consumidor reflita com calma e atenção e até encaminhe para possíveis futuros leads.

É sempre importante lembrar que o envio destes conteúdos precisa ter sido autorizado pelos clientes, respeitando todas as orientações da Lei Geral de Proteção de Dados em vigor no país.

A criação do e-mail marketing deve ser feita pensando-se nas seguintes fases de leitura: Assunto, Call to action e texto alternativo. O assunto deve atrair a atenção do leitor para que ele abra o e-mail; a chamada para a ação precisa ser bem definida e direcionada a uma ação específica, para que o cliente não tenha dúvidas do que está sendo oferecido e como ele pode ser beneficiado; e o texto alternativo precisa ser incluído para informar tudo aquilo que pode estar contido em imagens no e-mail, já que grande parte dos servidores de e-mail bloqueia a visualização de imagens automaticamente para evitar spams.

Não podemos nos esquecer de que o e-mail é uma das ferramentas disponíveis para a construção de um relacionamento com os clientes dentro da Jornada, então entender cada passo e cada necessidade de cada etapa é fundamental.

Marketing na Era Digital
Ler conteúdo completo
Indicados para você