[ editar artigo]

Como criar uma comunidade para vender curso online

Como criar uma comunidade para vender curso online

Usar o marketing digital para alavancar os negócios é uma estratégia de sucesso usada e comprovada por várias empresas. No último ano, comunidades online estão se tornando as novas "queridinhas" de quem investe nesse segmento, em detrimento à busca incessante por uma base maior de seguidores nas redes. 

LEIA MAISComo criar uma comunidade com os fãs do seu blog

Uma realidade que não poderia ser diferente também para quem trabalha com educação à distância — e é por isso que hoje eu quero falar aqui sobre como criar uma comunidade para vender cursos online.

Muitos especialistas, em diversas áreas, já perceberam o potencial deste tipo de projeto, mas ainda não sabem como colocá-lo em prática. Ter e gerenciar uma comunidade online que dá certo é um processo trabalhoso, e quando envolve a venda de um curso, é necessário ainda mais conhecimento sobre o assunto.

Mas tenha calma, isso não é um problema e é por isso que estou aqui hoje.

O que é uma comunidade online e como criar uma?

Desde sempre as pessoas se reúnem para falar sobre algum interesse em comum. Com a internet isso continuou acontecendo, de maneira virtual, mas com o mesmo princípio: a troca de informações.

Uma das bases desse tipo de ambiente é a constante participação dos usuários, principalmente na produção de conteúdo, na troca de informações, na divulgação da comunidade, e claro, nas interações. Seja escrevendo, comentando ou até mesmo compartilhando, para que uma comunidade possa existir de verdade é fundamental que existam integrantes ativos. 

Caso contrário, ela se torna apenas mais um portal onde o compartilhamento do conteúdo se dá de forma unilateral. Ou seja, apenas do autor para os leitores.

Esse contexto, no entanto, só acontece quando a comunidade nasce com uma causa ou objetivo bem claro e definido. Apenas com isso é que este espaço vai crescer, novos usuários vão entrar, participar, compartilhar e a criação de conteúdo pelos participantes será orgânica, ativa e crescente.

LEIA MAISCom quantas pessoas devo começar uma comunidade online?

Muitas marcas ou especialistas em algum assunto já estão criando comunidades e tendo sucesso com esse tipo de projeto. Ele aproxima as pessoas de quem está à frente da comunidade — seja uma marca, um influenciador, youtuber...— e permite que a força dos participantes seja usada para trazer relevância ao espaço, e consequentemente, novas oportunidades de negócio. Por conta da força da audiência, criar uma comunidade online é um projeto que apresenta um excelente retorno de marketing e abre novas possibilidades de faturamento. Uma delas é justamente o investimento em um curso online para a comunidade.

Para criar a sua comunidade online é preciso seguir alguns passos iniciais importantes e sem os quais dificilmente você irá chegar a alguma lugar:

  • Defina a causa/propósito do espaço e o objetivo que deseja atingir.

  • Escolha a plataforma que será usada (e não, seguidores nas redes sociais não caracterizam uma comunidade)

  • Tenha um gerente de comunidade, ou um pequeno grupo de pessoas que cumpram essa função.

  • Se aproxime dos participantes, gere relacionamento com eles e invista em ações para gerar engajamento.

Pode parecer que não, mas sem passar por esses pontos, é extremamente improvável que a comunidade cresça, e se isso acontecer, pode ser que demore muito ou que tenham grandes chances de ela não obter o sucesso que você deseja ao longo do tempo.

Ter um gerente de comunidade, ou exercer este papel, garante que você saiba tudo que está acontecendo dentro da comunidade. Essa informação é valiosa, pois é com ela que você poderá planejar novas ações dentro do ambiente, incluindo o engajamento das pessoas e a venda de cursos online para os integrantes.

Como vender curso online

Nos últimos anos vimos explodir a oferta de cursos por toda a internet. São professores, marcas e especialistas que perceberam a sede de conhecimento e estão criando seus materiais falar sobre os temas que gostam e que as pessoas mais desejam saber, além de, é claro, ganhar dinheiro com isso.

Falando parece fácil, mas a verdade é que não é tão simples assim…

Para ter sucesso com a venda de cursos online é preciso saber, antes de mais nada como criar um, ou do contrário pode não dar certo. Estar por dentro das principais práticas e tendências da educação, em especial a online, é essencial, principalmente para quem está começando e ainda não está familiarizado com este mercado.

Não adianta apenas saber sobre o assunto das aulas para vender um curso online. Esse é apenas o primeiro passo. Depois disso, é preciso ter noções sobre vendas, divulgação, marketing digital e estratégia. Se o seu material tem qualidade, é preciso garantir que todos aqueles que tem perfil para aprender sobre assunto saibam que o curso existe e que é possível participar da comunidade para se inscrever nas aulas.

Bons cursos podem ser desperdiçados se não houver uma boa estratégia de marketing e comercialização caminhando junto.

LEIA MAISComo divulgar uma comunidade online que está começando

Para ter sucesso, um dos primeiros passos é a escolha da plataforma onde o curso será hospedado. Ela deve oferecer os recursos necessários para que você e seus alunos possam ter tudo que é importante durante o aprendizado.

Além de um sistema seguro e eficiente, leve em consideração a estabilidade e os recurso úteis para tudo o que vai além do curso: relacionamento, vendas, marketing, etc. Ter um ambiente que ofereça todos estes recursos vai ajudar na conquista de mais alunos e no desenvolvimento de todos os participantes.

Comunidades + cursos online: o casamento perfeito

Quando unimos esses dois mundos — das comunidades e dos cursos online — parece óbvio que eles fazem sentido juntos. Ambos são apoiados na troca de conhecimento e na participação de mais pessoas para a construção de uma causa maior. 

A comunidade aproxima as pessoas, gera relacionamento e constrói relevância, enquanto o curso leva tudo isso para um outro patamar, onde o ganha-ganha impera e todos saem ganhando

O dono do curso consegue transformar seu conhecimento em rentabilidade, o gerente da comunidade vê o espaço ganhando força e também tem sua parcela nos lucros, os participantes se mantém ativos em um ambiente de troca e transformação que gera um crescimento real para eles, e os alunos do curso, têm acesso a muito mais do que uma sequência de módulos e aulas: eles fazem parte de um ambiente bem maior e que é capaz de transformar a vida de quem ali está.

Algumas pessoas já perceberam que essa união rende bons frutos e estão investindo nisso. Mas para que este projeto tenha sucesso não podemos deixar de observar que ele deve ser muito bem planejado, para que todas as etapas possam ser cumpridas corretamente.

Primeiro a comunidade, depois o curso

Ao perceberem o potencial de crescimento de uma comunidade, muitas pessoas pensam de cara em vender um curso online por ali para poder ganhar dinheiro com seu conhecimento. Essa visão não está errada, desde que o ambiente já esteja maduro o suficiente para isso.

Um dos maiores equívocos na hora de criar um curso dentro de uma comunidade é não ter a desenvolvido o suficiente. Na pressa, alguns gestores atropelam os passos e tentam vender um curso online em uma comunidade que ainda não tem potencial suficiente para isso, com poucos participantes e, principalmente, pouco ou nenhum engajamento.

Estes dois fatores (quantidade de participantes e engajamento) são muito importantes para saber se a sua comunidade está pronta para ter um curso. Antes de pensar em desenvolver aulas e gravar qualquer material, procure criar ações que aumentem a base de pessoas cadastradas, gerem relacionamento com elas e estimulem a participação e o engajamento com o projeto.

Usando o engajamento da forma correta

Para fomentar a participação é necessário um trabalho árduo do gerente de comunidade — ou das pessoas que estão cumprindo esse papel. É esse esforço que será responsável por angariar novos membros e também por motivar que eles participem comentando, curtindo e produzindo conteúdo dentro do espaço.

Além disso, um bom gerente percebe quais são os assuntos que mais levantam discussões e estimulam a participação, para garantir que eles nunca saiam de pauta na comunidade. Estas informações são valiosas para manter a comunidade engajada e em constante crescimento, além de auxiliarem na hora de descobrir sobre qual assunto você pode criar um curso e quantos seriam os potenciais interessados em comprá-lo.

LEIA MAISComo criar uma comunidade online

Ao lançar um curso, procure trabalhar ações que estimulem a participação das pessoas dentro da comunidade em troca de benefícios como descontos, conteúdos exclusivos ou acesso antecipado, em especial quando isso envolver a chegada de novos alunos. 

Afinal de contas, não há força de marketing maior que a indicação de alguém que já conhece (e aprova) o produto, ainda mais quando essa pessoa sabe que vai ter um benefício ao conquistar um novo cliente.

Quanto mais pessoas participativas a sua comunidade tiver, maiores são as chances de transformá-los em alunos. Ou seja, ao fomentar o engajamento na comunidade e a participação das pessoas, você está construindo sua base de leads e aquecendo uma lista de pessoas com potencial para comprar o seu curso, ou no mínimo, ajudar a divulgar e vender.


As comunidades online são o futuro do marketing digital e vender curso online será um dos pilares da educação nos próximos anos. Entender desde já como essas duas coisas funcionam juntas é uma vantagem para quem deseja investir neste tópico. 

Se você não quer perder essa oportunidade, o primeiro passo é simples: pense num tema que faça sentido para você e que possa conectá-lo a outras pessoas que pensam parecido. Depois disso, crie sua comunidade e comece a jornada. Você só vai descobrir se é capaz de criar uma comunidade para vender um curso online fazendo uma, testando e vendo o que acontece.

Ah, e é claro, se durante esse processo surgir algum problema, dúvida, ou mesmo se você quiser discutir algo sobre essa estratégia, é só comentar abaixo ou mandar uma mensagem aqui mesmo na comunidade.

Marketing na Era Digital
Marcus Pereira
Marcus Pereira Seguir

Conteúdo e Inbound Mkt @ Duopana

Ler matéria completa
Indicados para você