[ editar artigo]

Por que você deve começar a sua comunidade com pouca gente?

Por que você deve começar a sua comunidade com pouca gente?

Muita gente já percebeu a força e o potencial das comunidades online, seja em uma estratégia de marketing e comunicação ou simplesmente como um espaço para pessoas debaterem sobre um assunto em comum. Mas ao contrário do que parece, não é necessário ter milhares de seguidores para isso. De fato, você pode começar com poucos.

LEIA MAISComo divulgar uma comunidade online que está começando

Criar e desenvolver uma comunidade não se trata apenas da quantidade de pessoas inseridas nela, mas sim do engajamento que elas podem proporcionar.

E para isso não importa se sua comunidade possui 100, 1.000 ou 1.000.000 de participantes. Desde que você consiga manter todos motivados e ativos nas ações propostas, o número de integrantes no início é menos relevante do que parece.

Encontrando seus 100 primeiros fãs

Convidar novas pessoas para participar de uma comunidade é um dos principais desafios iniciais. Não apenas para o crescimento do projeto, mas também para que ele possa ter gente suficiente para dar os primeiros passos.

Mas quantas pessoas são necessárias para começar? Bom, podemos dizer que 100 é o ideal, pois já é possível ter mais gente escrevendo, compartilhando conhecimento e fomentando debates.

Claro que essa não é uma regra rígida que determine que qualquer número menor de pessoas irá impedir a comunidade de funcionar adequadamente. Sim, ainda é possível começar uma comunidade até com menos pessoas, mas você sentirá um pouco mais de dificuldade.

Por exemplo, se você possui 40 convidados nos primeiros dias de comunidade, utilize a força de cada um e peça que contribuam convidando outras pessoas. Assim é possível aumentar gradativamente a quantidade de integrantes de uma forma mais orgânica.

Para encontrar novos participantes é preciso que você procure por pessoas que acreditem nas mesmas coisas que você. Gente que compartilha dos mesmos interesses têm maiores possibilidades de se apoiarem.

Convide pessoas que participam de fóruns, grupos e são membros de organizações que falem sobre o tema da comunidade e mostre que agora existe um espaço exclusivo para elas. Mesmo que sejam poucas, com o tempo elas irão chamar mais pessoas e o grupo vai ficando cada vez maior.

Crie ações mesmo sem escalar

Uma mentalidade muito comum nas startups é a de escalar. Isso significa ter um plano que possa conquistar muita gente em pouco tempo. Seguindo esse princípio, deveríamos ignorar estratégias que impactem um grupo reduzido de participantes.

Mas a lógica em uma comunidade online não é exatamente essa. Para aumentar o engajamento e demonstrar a importância da participação, por menor que ela seja, o interessante aqui é desenvolver ações mesmo quando a comunidade for pequena. 

LEIA MAISComo criar uma comunidade com os fãs do seu blog

Faça isso apenas porque você quer e para as pessoas que fazem parte. Esse gesto demonstra preocupação com quem está inserido na comunidade e reforça os laços com todos que apoiam e acreditam no propósito desde o princípio.

Faça convites pessoais

É comum recebermos emails e mensagens de marcas nos convidando para participar de alguma coisa. Mas quando isso parte de alguém que nós conhecemos, a situação muda de figura.

Uma mensagem personalizada e feita sob medida gera uma reação muito mais calorosa do receptor. Isso quer dizer que além de ela não ser ignorada, a chance de seu convite ser aceito é muito maior. Essa técnica vale para convidar alguém para entrar na comunidade e também para que os participantes se envolvam nas ações propostas por você.

Além do tom do convite, o canal por onde ele é feito também importa. Claro que usar o email ainda é válido e pode servir nessas situações, mas existem outras opções que trazem um ótimo retorno. Esse contato pode ser feito via rede social, no messenger do Facebook ou via DM no Instagram e Twitter, pelo WhatsApp ou até mesmo pessoalmente.

Sim, uma boa comunidade online pode crescer após um convite feito no mundo offline, quando há essa possibilidade, é claro.

Cultive relacionamentos

Obviamente todos os usuários presentes em uma comunidade são importantes e contribuem individualmente para o crescimento do espaço coletivo. Mas não podemos negar que existem alguns participantes que possuem um papel especial — neste caso, os primeiros participantes.

As pessoas que acreditaram no projeto desde o começo têm muito mais chances de ganharem novas funções dentro de uma comunidade. Porém, não pense que isso acontece naturalmente sempre. Você, como criador da comunidade, precisa manter bons relacionamentos e incentivar a participação desde os primeiros instantes. 

Quando isso é feito desde o começo os resultados são percebidos ao longo do tempo. Não se trata de um trabalho a curto prazo, mas um plantio de sementes que serão colhidas ao longa da vida da comunidade.

LEIA MAIS6 maneiras de aumentar o crescimento da sua comunidade online

Ao estreitar o relacionamento com os participantes mais antigos a sua comunidade ganha pessoas que irão contribuir mais ativamente para o crescimento dela. Um participante que apenas lia pode se tornar um autor ou até mesmo ocupar o posto de moderador. Tudo porque você cultivou bons relacionamentos desde o princípio.

Vai ser difícil, mas não desista

O grande segredo para uma comunidade online dar certo é o trabalho em prol dela. Quanto mais você se dedicar, maior será o retorno. E a boa notícia é que esse fator não depende da quantidade de pessoas. Se você quiser começar a sua comunidade com pouca gente, então não deixe nada te impedir de iniciar esse projeto.

Bons conteúdos e um trabalho bem feito de convite e divulgação irão atrair novas pessoas para a sua comunidade online. Quando você menos esperar, aquele pequeno grupo já terá centenas ou até mesmo milhares de participantes colaborando e contribuindo para as discussões apresentadas.


O desenvolvimento de uma comunidade online não é algo que acontece do dia para noite. Este trabalho é desenvolvido com o tempo, independente de quantas pessoas estão envolvidas no começo.

LEIA MAISComo engajar uma comunidade: as fases de sucesso

Dando seus primeiros passos agora, em pouco tempo você perceberá os avanços da comunidade. Não apenas no número de participantes, mas também no nível de engajamento e na quantidade de conteúdo produzido e compartilhado.

A gestão de comunidades online é um tema que nós sempre falamos por aqui. Quer saber mais sobre isso? Então veja outros artigos sobre este assunto aqui no Marketing na Era Digital.

Marketing na Era Digital
Marcus Pereira
Marcus Pereira Seguir

Conteúdo e Inbound Mkt @ Duopana

Ler conteúdo completo
Indicados para você