[ editar artigo]

A Era Onlife

A Era Onlife

O mundo já experimentava o crescente consumo das plataformas digitais em tempo médio e consumo de mídia e informações. Com a chegada da pandemia entramos na aceleração da transformação digital dos negócios, impulsionado pela necessidade de consumir produtos e serviços online.

A internet muda tudo e continua mudando a nossa forma de relacionar e fazer negócios. Nesse cenário, o consumidor ganha cada vez mais espaço, ou seja, as ações de marketing das empresas devem ser centradas nos seus consumidores. Entender seus desejos, dores, necessidades e hábitos são necessários para manter uma intimidade com seus clientes.

O ambiente digital permite interações constantes, dessa forma as marcas que se comunicarem de forma humana, se sobressaem em suas estratégias de engajamento e relacionamento. De acordo com especialistas do mercado digital, o importante é manter o diálogo, alimentando as redes com conteúdo com afinidade ao negócio da marca. Uma boa dica, é seguir a regra de Pareto 80-20, ou seja, 80% do seu conteúdo nas redes é para falar de temas adequados ao negócio e 20% é para usar conteúdos para vender seu produto ou serviço. O consumidor engajado com a marca, se torna defensor e influenciador o que aumenta o poder da conversão.

O crescente uso de smartphones no Brasil faz parte desse mundo onlife, o grande pivô para todo esse impulso digital. No Brasil, de acordo com a Pesquisa We Are Social (2020) somos mobile first, 97% da população se conecta por celulares. O dispositivo é essencial para integrar o on/off tendo tecnologias que promovem essa conexão, por exemplo o QR code bastante utilizado no último ano.

As pessoas são always on, mesmo vivendo no mundo tradicional estamos todos conectados aos dispositivos móveis. Elas são impactadas pelos meios offline, mas é em plataformas digitais que a conversa tem continuidade.

A ideia do onlife é integrar os canais on e offline com o mindset que as pessoas estão conectadas, a qual seja possível aprofundar a conversa, entender o público, gerar um lead e uma conversão no digital. Trabalhar as etapas do funil de marketing e mensurar a ação. Além de captar dados para relacionamento e desenvolver futuras ações de marketing mais assertivas.

Marketing na Era Digital
Haiane Rocha
Haiane Rocha Seguir

Gestora de Mídia e de Pessoas

Ler conteúdo completo
Indicados para você